Parente era a política do PSDB, que valoriza o financismo, diz Ciro

Do 247

Ciro: Parente era a política do PSDB, que valoriza o financismo

O pré-candidato a presidente do PDT, Ciro Gomes, comemorou a saída de Pedro Parente da Petrobras, nessa sexta-feira, 1, quase dois anos após uma política desastrosa de reajuste de preços dos combustíveis.

Em vídeo em suas redes sociais, Ciro lembrou que a política de Pedro Parente está diretamente ligada à agenda do PSDB para o País. “Esta falta de respeito é a política do PSDB, que quer valorizar o financismo, a especulação financeira em detrimento do interesse popular e nacional brasileiro”, disse o presidenciável pedetista. 


Fotos: Sergio Moraes/Reuters | Pilar Olivares/Reuters

 

Para Ciro Gomes, a saída de Pedro Parente não é suficiente para estancar a dilapidação do patrimônio da Petrobras. “É preciso exigir que a política de preços que ele impôs seja trocada”, diz ele.

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Pazuello diz que Brasil terá quatro ondas na pandemia e só três opções de vacina

1 comentário

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome