PFDC pede suspensão de inscrições para o Sisu até que falhas do Enem sejam solucionadas pelo MEC

Medida busca evitar que as inconsistências na correção do Exame venham a prejudicar milhares de estudantes que participarão do sistema que permite acesso ao ensino superior em todo o país

Jornal GGN – A Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão (PFDC), do Ministério Público Federal, encaminhou ao ministro da Educação, Abraham Weintraub, ofício solicitando que a abertura das inscrições para o Sistema de Seleção Unificada (Sisu) seja suspensa até que as falhas no Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) sejam explicadas e corrigidas.

A ação da PFDC busca evitar que milhares de estudantes sejam prejudicados pelos erros já admitidos pelo MEC ao participar do Sisu, cujas inscrições foram anunciadas para ter início hoje, dia 21. O Sisu utilizar resultados do Enem para que estudantes possam ter acesso a instituições públicas de ensino superior de todo o país.

Além disso, a PFDC também solicitou ao Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais Anísio Teixeira (Inep) que informe, em até 24 horas, os motivos que geraram as inconsistências na correção das provas do Enem.

As notas do Enem, de 3.935.237 pessoas, foram anunciadas pelo Inep no dia 17, sexta. No sábado, estudantes começaram a questionar os resultados disponibilizados pelo site do Inep. Com grande volume de queixas, o MEC admitiu falha em parte das provas corrigidas e anunciou um período exíguo para que os alunos pudessem comunicar problemas na correção do exame.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Disputas entre lideranças e bolsonarismo tensionam greve da PM no Ceará

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome