PMDB acha que Temer na Presidência evitaria excessos na Lava Jato

 

Jornal GGN – Reportagem publicada pelo Valor Econômico nesta quinta-feira (25) informa que o PMDB já debate a devolução da coordenação política, assumida pelo vice-presidente da República, Michel Temer, em sinal de rompimento definitivo com o PT. Isso porque, se até o ex-presidente Lula tem dado margem à interpretação de que o melhor é se descolar da baixa popularidade de Dilma Rousseff, por que o PMDB enfrentaria a crise política e econômica, ao lado do Planalto, até o final?

Chama atenção na reportagem do Valor que as intenções do PMDB em se distanciar de Dilma vão além de uma mera estratégia eleitoral com vistas a 2018. De acordo com o jornal, fora da base aliada, o PMDB poderia encampar o projeto do impeachment ao lado de opositores mais ferrenhos.

A jornalista Mônica Bergamo escreveu hoje que uma ala do PMDB já se reúne para tratar disso na casa do senador Renan Calheiros. O impulso se deu após a prisão do presidente da Odebrecht, que teria abalado as estruturas psicológicas dos políticos envolvidos na Operação Lava Jato – muitos do PMDB.

A leitura dos congressistas supostamente implicados nos esquemas de corrupção na Petrobras é: se o chefe da maior empreiteira do País foi privado de liberdade com argumentos “frágeis”, qualquer um pode ter o mesmo destino, seja este detentor de foro privilegiado ou não.

Contudo, há quem acredite que enquanto Eduardo Cunha for presidente da Câmara e Renan, do Senado, não é certo que a semente do impeachment encontrará terreno fértil no Congresso. Mônica Bergamo aponta que Renan, por exemplo, não gostaria de ver Michel Temer assumir a Presidência no lugar de Dilma, já que os dois disputam espaço dentro do PMDB.

Leia também:  Xadrez dos arquivos da Lava Jato e a segunda morte do mito Moro

A questão, indica a reportagem do Valor, é que uma parcela do PMDB está confiante de que Michel Temer, um “respeitado constitucionalista”, no exercício da Presidência da República, teria pulso firme contra os “excessos” da Operação Lava Jato. No mínimo, poderia colocar no comando do Ministério da Justiça alguém com mais respeito e autoridade sobre a Polícia Federal – qualidades que o hoje ministro José Eduardo Cardozo não reúne.

Ainda de acordo com o Valor, o PMDB está com o sentimento de que Temer já cumpriu seu papel como articulador político de Dilma – já que garantiu a votação do ajuste fiscal – e aguardará até outubro para sentir os efeitos sobre a economia. Alguns peemedebistas propõem, por outro lado, segurar a onda até o fim da eleição de 2016.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

51 comentários

  1. Bananas

    O Brasil voltou a ser uma republica das bananas. Agora, corruptos com “as estruturas psicológicas abaladas”, decidem qual a melhor maneira de apear o presidente eleito do poder. Esse Congresso é de uma desolação sem precedente.

     

  2. sei que os coxinhas e tucanos

    sei que os coxinhas e tucanos infiltrados vão me conferir uma estrelinha…. mas sério, a única saída contra a crise é o presidente LULA assumir a casa civil.

    • mas de jeito nenhum

      1 – tornar a presidência “puro sangue” de um PT arranhado??????  2 – de um Lula já arranhado ?????   3 – isso, sim, é dar pano pra manga de cabos anselmos.

      e… 

      5 estrelinhas pro combativo anti-coxinha, anti-tucano aí de cima ???

      • não houve a 2ª estrelinha

        Uma obs: vejo, agora, que subiu 1 ponto devido a uma pessoa amiga, nesta madrugada, ter posto 5 “minhas” estrelinhas depois de ter lido um email que lhe enviara não absolutamente claro (o mecanismo do blog conduz a uma média de clickes). Natural que haja aí um mal-entendido, seja por cansaço, seja por falta de paciência, seja por pressa, não sei: pois NÃO são estrelinhas o foco de minha postagem. O valor que dou pra “minhas” estrelinhas, aqui, é 0 (zero ),  embora eu faça menção a elas. Meu foco é – páro. Deus meu, como sou inocente!

  3. O PMDB dos ínclitos Renan

    O PMDB dos ínclitos Renan Calheiros, Eduardo Cunha e todo um “baixo clero” mais sujo que pau-de-galinheiro encampar o projeto do impedimento ao lado dos opositores mais ferrenhos? Venhamos e convenhamos aí vira comédia pastelão. Com um pouco mais de sofisticação, um conto surrealista do grande Jorge Luís Borges.  

    Esses analistas ainda vêem o país como um republiqueta de bananas. Erro provindo da ignorância e miséria intelectual ou má- fé mesmo?

     

  4. Dilma se recusando a usar o poder que recebeu dos eleitores

    está de fato entregando o poder real para quem sabe usar o poder, no caso políticos do PMDB.

    Quando será chutada da cadeira,e isso é só questão do tempo necessário para a definição do quadro de poder resultado na nova negociação. ela não terá direito de reclamar: foi uma decisão dela não usar o poder que recebeu dos eleitores.

    Não há desculpas aceitáveis.

    Pelo menos eu não vou aceitar nenhuma desculpa.

  5. é porque como vice-presidente ele não toma conta

    de seus pittbulls? Isto é papo do partido que há mais de 30 anos apronta e assombra o Brasil. Quem quase sempre está dentro de falcatruas de estatais e o PMDB.

  6. O que fica bem claro, é que
    O que fica bem claro, é que nossa Constituição será jogada no lixo por essa curriola golpista, caso esse Congresso venha pedir impitimam da Dilma. Isso, se o País aceitar pacificamente essa manobra mequetrefe. Veremos!

  7. Até eu acho que a melhor

    Até eu acho que a melhor saída para o momento seria mesmo o impeachment, diante do descontrole de uma PF que não tem nenhum comando. Essa senhora aí que está como presidenta é a responsável por tudo isso que acontece na lava jato por não colocar freios nos métodos de investigação da PF e permitir que os delegados militantes do PSDB continuassem à frente das investigações. Tudo começou lá atrás com a tal da faxina que era comandada por Veja, tendo Cachoeira como o mentor intelectual do assassinato de reputações de vários ministros. A inércia do governo, a renúncia à luta política, permitiu o aparecimento de uma direita devoradora que desaguou nas jornadas de junho de 2013. Depois da campanha da reeleição o fechamento do sitio Muda Mais e do contraponto virtual as manifestações mentirosas que são espalhadas nas redes, enquanto o governo enfiava a camisa no saco. A direita gostou das ruas e de lá não saiu mais. Que sentido há em manter essa senhora como presidenta diante do caos em que se encontra o país?

    • Ruptura institucional = Temer falso constituicionalista

      Creio que o sentido… O sentido é que as eleições ocorreram há pouco menos de um ano. O Collor precisou de muito mais, muito mais… O caos economico alardeado tem que descer muito ainda para atingir o fundo do poço. O controle da PF e do judiciário é alienígena e Temer sabe muito bem, sendo ele, sendo Dilma nada mudaránesse quesito. No quesito roubalheira generalizada vai piorar muito, muito, muito. Se Temer acha que segura esse rojão deveria ter se candidatado ao cargo, mas que bando de traíras!!!!! O PMDB nessa luta intestina vai implodir, para a alegria do povo e felicidade geral da nação.

  8. cuide-se Venezuela

    Certamente o Temer e os achacadores teriam céu de brigadeiro sem a Dilma. A PF, o judiciário, o stf, a casa grande, o tio sam teriam restabelecido novamente o “status quo”.

     

  9. A eles não interessa mexer na Dilma

    Esta é um pato manco e pouco pode mudar as coisas, além de não os ameaçar mais.  Eles querem é o Lula, o único que foi capaz de enfrentá-los e ainda pode fazer em 2018.  Eles tem medo do Lula e tudo farão para impdí-lo.  Vamos ficar de braços cruzados vendo isto acontecer? 

  10. Suicídio político

    Já´dá pra fazer um estudo de caso do governo Dilma II, de como cometer suicídio político. Como é que o ministro da Justiça ainda permanece no cargo?

  11. Mas isso é óbvio qq um é

    Mas isso é óbvio qq um é menos mosca morta que a Dilma e o Cardozo que estão deixando o País virar uma bagunça ao não se contrapor a esses absurdos desta operação.

    Ela que não se manque não para ver o que acontece.

  12. O ponto é exatamente esse

    “…se até o ex-presidente Lula tem dado margem à interpretação de que o melhor é se descolar da baixa popularidade de Dilma Rousseff, por que o PMDB enfrentaria a crise política e econômica, ao lado do Planalto, até o final?”

    O principal argumento é exatamente este. Na realidade, se pegarmos a maioria dos comentários pró-Dilma aqui no blog, provavelmente o próprio Lula atualmente não subscreveria mais da metade deles. Aí fica engraçado, vocês xingam o Congresso e o PMDB por não bancar a Dilma, mas o Lula também não o faz, e é poupado.

    Eu (que votei no Aécio, voto meramente antigovernista, para deixar minha posição mais do que clara) era contra a tese do impeachment adotada por ele justamente porque a proposta da Dilma (de ausência da necessidade de ajuste e da defesa da “maravilhosa” administração do Mantega) se saiu vitoriosa em outubro de 2014. Caso eu estivesse errado, seria ótimo. Caso contrário, os eleitores dela se convenceriam do equívoco. Infelizmente os fatos aparentemente atropelaram minha tese, e a situação do país é caótica.

    Não acho que neste momento haja prova incontestável (incompetência não é motivo) que torna a saída dela obrigatória, mas gostaria que os defensores dela (basicamente vocês) dessem uma luz ao blog no sentido de explicar como vamos aguentar mais 3 anos e meio com absoluta ausência de liderança, e com uma proposta econômica que (embora correta, na minha opinião minoritária) foi derrotada nas urnas em 2014…

  13. Caracas, como não saquei isso!

    A questão, indica a reportagem do Valor, é que uma parcela do PMDB está confiante de que Michel Temer, um “respeitado constitucionalista”, no exercício da Presidência da República, teria pulso firme contra os “excessos” da Operação Lava Jato. No mínimo, poderia colocar no comando do Ministério da Justiça alguém com mais respeito e autoridade sobre a Polícia Federal – qualidades que o hoje ministro José Eduardo Cardozo não reúne.

    Por que a Dilma não nomeia o Temer para o Ministério da Justiça, visto que o mesmo está vago. Ela tem do seu lado um dos melhores quadros para essa pasta, sem abrir mão da vice presidencia, um cargo quase honorífico e mesmo da coordenação política. O Vice do Lula, José de alencar ocupou concomitantemente o ministério da defesa, lebram…Embora, dezem, o que o que ele queria mesmo era a presidencia do BC para mandar implodor o prédio.

    Acho que os peemedebistas deveriam fazer carga para capturar o Ministério da Justiça pro Temer, nós petista daremos apoio total. 

    Chega de “Rolandop Lero”

  14. Ah, é, PMDB? “Mamar na vaca,

    Ah, é, PMDB? “Mamar na vaca, cê num qué, né?”, diria o matuto que não é burro. Quer dizer que o Temer é o salvador do Renam e do Cunha.  E ainda salvava a Globo e a Abril, só para começar. E nós, caras pálidas? Beberam ou chuparam droga?

  15. PSDB

     

    Na minha opnião o  PMDB não vai assinar o impedimento de dilma porque o PMDB sabe que

    assinar o impedimento do DILMA é entregar de bandeja o poder do congresso e a presidencia em 2018 para o PSDB!

    MIchel Temmer na presidencia seria uma especie de Itamar Franco, não teria muita força para fazer algo contra a

    LAVA-jato, principalmente que a imprensa respaldaria muito o que a lava jato fizesse e seria muito dificil enfretar o  PSDB

    estando a imprensa ao lado deles.

  16. Esse não toma conta nem dos

    Esse não toma conta nem dos dois que estão com o rabo preso na lava a jato, e só estão ai serelepes por conta do cargo; a verdade é a seguinte, estão indispondo a presidente com o povo trabalhador, aprovando benesses para ela vetar, ou ela entra na dança e tenta consertar depois ou a aprovação pelo eleitor de seu impedimento será recorde quando for pedido, é uma escolha de sofia.

  17. Querem saber mesmo por que

    Querem saber mesmo por que ele permanece? Leia a entrevista que ele concedeu ao glamurama. Está lá nas entrelinhas que a relação dos dois ultrapassa o palácio do planalto, esse ultrapassa diz tudo.

  18. Os queridos parlamentares

    Os queridos parlamentares antes de decidirem o destinno do país através de impeachement, deveriam refletir o que fazer com 54 milhões de pessoas que votoram no atual governo.

    E maís, e o que é pior, o que fazer com mais  ou menos 2 milhões de ferrenhos militantes petistas todos com a faca na boca.

    Acredito se o impecheament ocorrer no grito,  haverá redicalização total no país, e não descarto derramamento de sangue. O brasileiro ultimamente tem provado que não é tão bonzinho assim.

    É bom lembrar que Dilma/PT e diferente de Collor/PJ.

    Exagero ?

     

  19. Provimento do Ministro da Justiça

    No mínimo, poderia colocar no comando do Ministério da Justiça alguém com mais respeito e autoridade sobre a Polícia Federal – qualidades que o hoje ministro José Eduardo Cardozo não reúne.

    Na nova configuração do organograma dos ministérios do governo Dilma I e II, o Ministério da Justiça é subordinado à Polícia Federal, de modo que o Presidente da República apenas indica o nome do candidato e o Superintendente da Polícia Federal referenda, ou não. (modo ironia em volume máximo)

  20. E ………………..

    Assunto que nem merece comentários meus, mas………..

    Todos, eu disse todos os que acompanham a atuação do pmdb após “a morte”, ou seria acidente do Ullises, sabe em que se tranformouj esta sigla.

    Se não sabem eu digo – OPORTUNISTAS !!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

  21. Um a um, todos estão se

    Um a um, todos estão se afastando de Dilma.

    No fim, só o ministro Zé Cardozo parece  realmente querer ficar com Dilma. Ainda bem, o que Dilma faria sem ele?

  22. Só pra entender:
       Ele não é

    Só pra entender:

       Ele não é vice presidente? Por que não faz agora?

       Não é por falta de competência. É porque não tem respaldo.

            PT e PMDB  não são mais partidos coesos.

                  São Apartidos.

  23. Que piada…

    “indica a reportagem do Valor, é que uma parcela do PMDB está confiante de que Michel Temer, um “respeitado constitucionalista”, no exercício da Presidência da República, teria pulso firme contra os “excessos” da Operação Lava Jato.”

    Já esqueceram como era antes? O PMDB já esteve no exercicio da Presidência.

    Se o PT não estivesse no poder não haveria nem investigação!

  24. Não sei com certeza, se é assim

       Discutir se o governo Dilma 2 acabou sem ter começado, é inutil, é gastar vela para santo ruim, portanto volto a perguntar sobre algo que ouvi de um importante advogado constitucionalista parecerista :

        1. Em um processo de impedimento da PR/vPR, antes de completar 18 meses da posse, a eleição de ambos seria anulada, e o Congresso, através de seu Presidente, o “probo” Eduardo Cunha, convocaria novas eleições em um prazo, extensivel, de no minimo 90 dias. (  Durante este interregno, o Pres. da Camara – 3o na linha sucessória – se encarregaria da Presidência da republica – do Executivo ).

         2. Se após 18 meses transcorridos da posse, o vPR assumiria – como Itamar assumiu – mas, caso o Congresso ( 2/3 dos parlamentares, camara + senado ), quisesse, existe uma brecha legal – interpretativa, que pode ser decidida pelo STF – tambem impedir no mesmo processo o vPR, e portanto a PR e vPR declarada “vaga”, e quem assumiria o Executivo seria, por linha de sucessão: O pres. da Camara ( Cunha ), e em segundo lugar o Pres. do STF , os quais, caso aceitem, ficariam até as eleições regulares de 2018.

          ALGUEM QUE CONHEÇA O TEMA EXPLIQUE, DETALHE ESTA INFORMAÇÃO, QUE NÃO SEI SE REAL.

          Já quanto ao PMDB, são varios, creio que até pelo Michelzinho, pressionado por seus correlegionários, ele pulará fora da articulação politica, nem diria que por opção dele, mas que exercer tal função, com o nucleo do Planalto, Dilma inclusive, completamente perdidos, em total inação, o PMDB, os vários, irão procurar fazer o que sempre fizeram, se preservar e se posicionar para pegar as melhores partes do butim, pois mesmo que Dilma fique, seu governo “sobreviva por aparelhos e acordos ” ,até se descaracterize-se ainda mais, há de se analisar que é uma grande vantagem, para partidos fisiológicos, a manutenção de um Executivo fraco.

    • O único do planeta que

      O único do planeta que permanece com 50 anos, há uns trocentos anos.

           O nosso highlander.

      kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

  25. Não submeter-se!

    Não acredito, já estão discutindo se é melhor tirar ou não a Dilma!

    ILEGAL! A mídia, o estado jurídico e policial não vai levar! Democracia!

    Não espero que seja tão fácil assim. Agora é a hora de associar, lutar, mobilizar e enfrentar um combate, mesmo que seja para carregar um poste, vamos carregar ate 2018, contra uma oposição sem bandeiras politicas além dos seus interesses pessoais, econômicos e classistas tão-somente, meu voto e minha opinião do Brasil não mudaram senhores, vai valer! Uma guerra da Mídia que emporcalhou de sangue na ditadura, governos estaduais irresponsáveis, estes políticos covardes sem representatividade popular, cagadores de regras. Critico sim a Dilma e o PT mais não tem melhor projeto e se esta assim eu tenho minha parcela de responsabilidade. Não senhores! A Direita, os religiosos, os fascistas, a justiça só para pobres e pretos, liberando os ricos, políticos e poderosos, não! Só derruba este governo sobre meu cadáver e meu sangue! Todo um projeto democrático, politico e social não será enterrado e ignorado não. Toda a conquista ate hoje não podem ter um retrocesso social. Conservadores e a direita! Já conhecemos.

    É hora de união e de luta!

  26. Dilma, o maior erro de Lula

    Meu Deus , chega a ser cômico . Os caras falam da presidência como se Dilma nem estivesse lá .
    É de dar dó a condição a que foi reduzida Dilma Rousseff apenas 8 meses após sua eleição .
    A mulher aceitou o papel de coadjuvante, sem ação , sem reação , sem qualquer  tipo de importância política ,como se não passasse de um ornamento na parede , sem reflexo algum na decoração.
    Como pode um ser humano se anular tanto a esse ponto?
    Estamos aí assistindo o país ser entregue de bandeja a um bando de corruptos , reacionários , como se nada estivesse acontecendo , tudo por culpa de um bando de amebas descerebradas do PT que cercam a presidente que parece ter sofrido uma lobotomia ou uma lavagem cerebral para adotar a covardia como mote .
    Como se fosse a coisa mais comum do mundo vc ganhar uma eleição e depois entregar as armas ao inimigo .
    Estou estarrecido . E com muita , mas muita raiva dessa Dilma . Ela , sem dúvida ,é  o maior erro de Lula .

  27. Políticos Irresponsáveis

    Estes senhores são uns irresponsáveis. Não só a Presidente Dilma está sendo achacada por estes malandros mas todos os brasileiros. A maioria dos congressistas pensa  que está enfraquecendo a Presidente, mas somos nós que estamos enfraquecidos e angustiados assistindo tudo o que está acontecendo.

  28. QUE SE F…A!

    Cansei de ficar trampando na rede para o PT. Já tomei até pito de chefe por isso! Não vou defender quem caga pra minha defesa. Quem ignora minha opinião e de milhões de petistas. Dilma faz o que quer. Uma baita cabeça dura e geniosa. Lula também pisou na bola. Utrapassou os 80% de popularidade. Gostou tanto que deixou “alguns assuntos importantes” de lado. Dilma idem na primeira fase do governo. O PT dormiu. Teve momentos que, confesso, fiquei torcendo para Collor, Ciro e Requião defender o governo. Senadores e deputados federais petistas tomaram doril. Ficaram quietinhos. Uns “joselinos barbacenas” do caramba. Hoje para mim tem 2 ou 3 trabalhando, defendendo o governo. E olhe lá! Agora Lula convoca a militância. Porra! Agora? Os caras se organizaram. Tem grana irrigando a direita. Estao “educando” a meninada. Dilma se lixou para as redes sociais. Desarmou tudo depois das eleições. Os caras continuaram o trabalho. Agora caiu a ficha do PT. Olha, desculpem, vai pra puta que pariu! 

  29. A matéria tem um erro

    A matéria tem um erro insanável. Qual PMDB?

    Esse partido é, realmente, partido. Consegue ter mais “correntes” internas do que o PT.

    Qual é o PMDB do Temer? O mesmo do Eduardo Cunha? O mesmo do Renam? O mesmo do Eduardo Paes? O mesmo do Jader Barbalho? A resposta é  única: não?

    Cada um tem o seu “partido” e se aliam quando precisam força para ganhar cargos e, por decorrência, “vantagens indevidas”.

  30. Sinuca de bico para todo

    Sinuca de bico para todo mundo, esse que é a verdade. A saída seria a saída do ministro (?) da justiça. Mas pelo visto a presidenta prefere afogar-se abraçada ao dito cujo. Coisa de pacto de sangue

  31. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome