Renan quer retomar controle institucional com impeachment de Janot

 
Jornal GGN – Tanto em pronunciamentos oficiais em plenário do Senado, quanto nos bastidores da vida social, Renan Calheiros (PMDB-AL) não arreda os ataques ao procurador-geral da República, Rodrigo Janot, após o ápice de ofensivas da Lava Jato, com os vazamentos das investigações, o pedido de prisão preventiva, o mais novo inquérito e, agora, a retirada do segredo da delação de Sergio Machado, ex-presidente da Transpetro.
 
As duras críticas começaram na tarde desta quarta-feira (15), quando Renan usou o plenário para cobrar que o Ministério Público Federal (MPF) “cumpra o seu limite constitucional”, chamando de “esdrúxula” o pedido de prisão por Janot contra ele, na última semana, e já rejeitado pelo Supremo Tribunal Federal (STF).
 
No discurso, o peemedebista também afirmou que a PGR perdeu “os limites do ridículo” e “do bom senso”. Criticou abertamente a forma como a Procuradoria tem conduzido as investigações e opinou que o constrangimento gerado pela rejeição do Senado às indicações de três procuradores da Força Tarefa da Lava Jato ao CNMP (Conselho Nacional do Ministério Público) e ao CNJ (Conselho Nacional de Justiça) impactou a atuação deles.
 
“Talvez não fosse o caso, o bom senso não recomendasse, que essas pessoas continuassem investigando o Senado Federal como instituição, investigando senadores, abusando do poder, fazendo condução coercitiva sem fato que a justifique, busca e apreensão na casa de senador, prisão em flagrante claramente orientada, gravações de senadores de forma ilegal, com pessoas colocadas na convivência dos senadores”, disse.
 
Tratam-se dos procuradores Vladimir Aras, Nicolau Dino e Wellington Saraiva. Para Renan, eles deveriam se julgar impedidos de apurar o Senado, uma vez que sofreram constrangimento por serem rejeitados pela Casa.
 
Desde esta quarta-feira (15), a possibilidade aventada por Renan de aprovar um pedido de impeachment contra o PGR, Rodrigo Janot, foi assunto comentado no Congresso. Naquele dia, o senador disse que terá a “responsabilidade de consultar a Mesa Diretora [do Senado]” e “todos os senadores”, para que “não cometa os mesmos abusos que cometem [o MPF]”.
 
Mas deu o sinal verde, afirmando que já tinha rejeitado outros pedidos de impeachment e que este, protocolado nesta segunda (12), será analisado – ainda que o foco das advogadas autoras é que Janot deu tratamento diferenciado a políticos do PT e do PMDB na Operação Lava Jato.
 
O que as autoras desse impeachment alegam é que Michel Temer estaria tão envolvido quanto os demais políticos do PT. Apesar de a preocupação de Renan em levar a frente essa petição, o caso respingará automaticamente contra o seu próprio partido – o PMDB. Por outro lado, Renan Calheiros é adversário político de Temer na sigla, ainda que oficialmente defenda o seu governo “como única opção”.
 
A festa de Kátia
 
As críticas do parlamentar a Janot extrapolaram para a noite desta quarta, quanto na casa da senadora Kátia Abreu (PMDB-TO), parlamentares de vários partidos se reuniam em uma festa junina. O senador chegou nitidamente agitado na festa, logo mostrando uma reportagem em que Rodrigo Janot alegava que geraria crise entre os Poderes manter o sigilo das delações do ex-presidente da Transpetro, Sérgio Machado. 
 
“Como é que um cara desse é nomeado PGR? Com essa responsabilidade? Dizendo uma coisa dessas? Isso é loucura!”, manifestava-se. Aos correligionários, Renan afirmava que Janot não era mais “intocável”, porque já tinha “passado dos limites”. 
 
“Tem gente que é alçado à cena nacional sem nenhum preparo emocional. O Janot é o maior exemplo disso”, disse Renan, já na madrugada desta quinta (16), após uns goles de uísque. “Eles agem por vingança”, referiu-se aos três procuradores, em desabafo.
 
No evento social, Renan também justificou porque fez tanta questão que o presidente do STF, Ricardo Lewandowski, presidisse as sessões de impeachment da presidente Dilma: “Eu, presidente do Senado, sou vice-presidente da República. Como você quer chamar para presidir o julgamento do impeachment alguém que é beneficiário direto disso?”, justificou.
 
Apoio à Dilma
 
Já no meio da festa junina, Renan Calheiros não escondeu o apoio à presidente afastada Dilma Rousseff. Após Kátia defender Dilma, Renan respondeu: “Eu sou Dilma, não sei por que, mas gosto daquela mulher”. 
 
Depois, contou uma história de seu neto Renzo, de 9 anos, que outro dia o surpreendeu com a pergunta: “vô, o senhor é golpista?”, e que teria contado à Dilma, aos risos. A presidente, por sua vez, respondeu ao senador: “Renzo é um dos nossos”.
 
Lembrou a colegas que pretende buscar nos cinco pedidos no Senado algum deles que tenha argumentos necessários para acolher a denúncia. Disse, ainda, que Janot estava “estimulando vazamentos” e que as gravações feitas por Sergio Machado foram “totalmente induzidas”, além da delação ser “orientada”. “Como pode grampear um senador com foro? Só com autorização judicial”, disse o senador.
 
Uma semana para respoder ao impeachment
 
Já nesta quinta (16), Calheiros deu sequência às críticas e deu maiores sinais pela abertura de impeachment de Janot. A aliados, afirmou que quer dar seguimento ao pedido. No Senado, afirmou que irá colocar a Casa à disposição da Polícia Federal para apurar o vazamento da informação de que o PGR pediu a sua prisão e de outros integrantes da cúpula do PMDB.
 
Reafirmou, desta vez publicamente, que a justificativa de Janot para tirar o sigilo como “crise entre os Poderes” era uma declaração “criminosa”, porque com ela, para Renan, Janot “assume a paternidade do vazamento”. Agora, o peemedebista também já deu prazo para responder ao último pedido de impeachment de Rodrigo Janot: na próxima quarta-feira (22). 
 
“Quando as pessoas perdem o limite da Constituição, perdem também o limite do ridículo. O procurador fez contra senadores busca e apreensão na residência de vários que estavam dispostos a colaborar, quebrou sigilo de informações que já haviam sido dadas, ele fez condução coercitiva de alguém que não colocou nenhum obstáculo para ir depor, quebraram sigilos já entregues pelos senadores. E ao final e ao cabo, pediram a prisão de senadores no exercício do mandato sem flagrante delito de crime inafiançável. Como fez isso? Porque haviam preparado três delações com esse objetivo”, criticou.
 
Para Renan, o objetivo de Janot é “enfraquecer a instituição [Senado]”, ao solicitar pedido de busca e apreensão de documentos que já estavam públicos. O peemedebista também rebateu a delação de Sérgio Machado, chamando-a de “mentirosa do começo ao fim”.
 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

38 comentários

  1. Renan é golpista e muito

    Renan é golpista e muito safado. Se os procuradors não podem investigar o Senador por terem sido rejeitados para cargos por aquela Casa, igualmente podemos concluir que ele não estaria em ondições de acoher e conduzir pedido de impeachment de quem pediu a prisão dele. Ou será que as regras são diferentes quando se trata do Senador?

    • Considero importante o Renan

      Considero importante o Renan fazer isto, afinal já é hora de sabermos se o procurador é de fato o Janot ou o Roberto Leal disfarçado . . . . arrebita arrebita arrebita . . . . .

  2. Tá parecendo armação de Renan com o Toga Falante e com a Globo

    Tá parecendo armação de Renan com o Toga Falante e com a Globo

    Importante notar que Renan (PMDB), metido até o pescoço nas citações da corrupção (R$ 32 milhões só do Machadão), não teria a audácia de ameaçar Janot dessa forma, se não tivesse cobertura do Toga Falante do Supremo e da Rede Globo. Isto é um sinal claro de que a operação Abafa Jato está a todo vapor, pelas mãos dos corruptos ameaçados do PMDB, PSDB, DEM e satélites.

    • Razão e Oportunidade

      Francisco

      Como você, eu também não tenho dúvida de que a operação “Abafa Lava Jato” está a pleno vapor. O Golpe foi feito para atender também esse objetivo. A negociata política teve uma troca: os golpistas são protegidos e as demandas dos plutocratas são atendidas.

      Porém, você há de convir que o Ministério Público deu motivos para ser justamente atacado. Os pontos que Renan listou são verdadeiros e são ilegalidades cometidas pelo Ministério Público. O MP e o Supremo rasgaram a Constituição e isto é fato facilmente comprovado.

      Agora chegou a vez da bandidagem dar o troco…

    • Verdade. A gente daqui só

      Verdade. A gente daqui só vendo os golpistas batendo cabeça. De qq forma, Só GM tb não salva ninguém, nem ele mesmo, se o PMDB resolver  detoná-lo. Tá bem divertido. Lembrando que as ruas pouco se lixam pro STF mas GM, todo mundo conhece, Basta que um grite que o resto embarca.

  3. abaixo-assinado contra o impeachment

    Amigos, 

    Eu acabei de criar minha própria petição e espero que possam assiná-la. Ela se chama: SUPREMO TRIBUNAL FEDERAL E PROCURADORIA GERAL DA REPÚBLICA: impedir o impeachment do Procurador Geral da República Rodrigo Janot. 

    Eu realmente me preocupo sobre este assunto e juntos nós podemos fazer algo a respeito disso! Cada pessoa que assina nos ajuda a chegarmos mais próximo do nosso objetivo de 100 assinaturas — será que você pode nos ajudar assinando a petição? 

    Clique aqui para ler mais a respeito e assine: 
    https://secure.avaaz.org/po/petition/SUPREMO_TRIBUNAL_FEDERAL_E_PROCURADORIA_GERAL_DA_REPUBLICA_impedir_o_impeachment_do_Procurador_Geral_da_Republica_Rodrig/?launch 

    Campanhas como esta sempre começam pequenas, mas elas crescem quando pessoas como nós se envolvem — por favor reserve um segundo agora mesmo para nos ajudar assinando e passando esta petição adiante. 

    Muito obrigado, 
    Giuliano 

  4. Com quem Renan se articulou,

    Com quem Renan se articulou, eu não sei. Porém, a Procuradoria da República do Brasil trata os interesses do nosso povo como muitos adversários não treatariam. Já passou da hora do CHEGA.

    Eles São pagos pelo nosso erário p Destruir a nossa Economia? Se não fosse trágico, seria cômico.

  5. Na república Bananarativa do

    Na república Bananarativa do Nonsense tá valendo tudo, agora Janot, o santo guerreiro, vai enfrentar Renan, o dragão da maldade,  ocorre que o santo não é lá tão santo e o dragão, bem esse é um dragão mesmo, mas é um dragão com alto cargo e grande influência, enquanto isso o STF placidamente assiste o país se desmanchar afinal o importante mesmo é o reajuste do judiciário se com a Dilma não tem acordo fecha-se com o Temer, se o Temer cair pelo menos o aumento já ta garantido, agora e quando sair o nome de alguma de vossas complacências em alguma gravação futura? Gilmar presidindo o TSE? Pode um ministro Tucano comandar a eleição? Na república Bananarativa pode tudo.

  6. Desde o início do Mensalão (

    Desde o início do Mensalão ( pontapé inicial para o golpe) MPF e STF tem poupado o Senado que é quem tem o poder para “impixar” PGR e ministros do STF. A inexistência de senadores na ap 470 chamou a atenção de todo mundo. Agora que Janot encarou os senadores e o senado, via Renan, está disposto a analisar seu impeachment, o STF, milagrosamente, vai virar garantista e parar de acatar os desmandos do MP. Imagine trancar 3 senadores… Vai ser efeito dominó na Corte. Impeachmente de um ministro atrás do outro. Todo mundo que foi preso na LavaJato, foi na base da futrica e da galhofa. Mas na hora de fazer o mesmo com quem tem poder de retaliar, a ministrada, pensa melhor.

    • Christiana, nao sei de quem

      Christiana, nao sei de quem era a bola de cristal e nao me surpreenderia se tivesse sido voce quem falou que a primeira coisa que o novo governo ia fazer era exatamente isso que Renan esta falando que “deve ser feito” Pelo Bem Da Humanidade De Ladroes…

      Como eu disse antes:  ja comprei ingresso.  Pago pra ver a PGR e PF sendo derrotadas pela quadrilha de ladroes que colocaram no governo.

      • Sim, Ivan. E, não foi bola de

        Sim, Ivan. E, não foi bola de cristal. Era claro que qq governo que viesse, teria que cortar as asas de um MPF, completamente, sem noção, sem limites e, principalmente, sem compromisso com a legalidade. Desde Cachoeira já está evidente pro país inteiro  o que é o MPF que, agindo em consórcio com a Globo,acabou por detonar o estado de Direito. O STF ajoelhou-se com medo da Globo que empoderava JB como empodera Moro. O PMDB deixou rolar enquanto o PT era o alvo,assim como muitos partido, de esquerda, inclusive.  tínhamos um MPF com mais poder que Judiciário e Legislativo com o agravante de ñ ter qq controle já que os demais poderes ficavam limitados pela opressão midiática. QQ um que denunciasse as loucuras do MPF seria acusado de corrupto ou de tentativa de barrar a sagrada cruzada contra a corrupção. Tb tô que nem vc. Pagando pra ver a quadilha do MPF, finalmente responder por seus crimes.  ( Desde Gurgel e a mulher, Antonio Fernando de souza ). O MPF e a Globo, avacalharam o Brasil.

  7. Cunha e Renan são culpados pela coisa chegar onde chegou

    Tivesse o Cunha fechado com a Dona Dilma para garantir a governabilidade e o fim das malversações e isto não teria acontecido, já o Renan, apesar de vir muito bem referenciado pelo jornalista Adalberto não atentou para as implicações do pedido de interdição da Dilma ter prosseguimento no Senado.

    Foi aconselhado.

    Agora para sair do enrosco só transformando o Brasil oficialmente numa República de Bananas e mesmo assim, vão para a cadeia.

    Este pessoal não percebeu as implicações do que aconteceu em Junho de 2013, onde o waiver que o Brasil gozava junto aos grandes operadores internacionais foi suspenso.

     

  8. Ora ora, qual o problema em

    Ora ora, qual o problema em aceitar o pedido ? Afinal de contas terá toda uma comissão “investigativa” não é mesmo ?

    Ou janota está acima da lei ? 

    Renam está correto, esse pessoal ja passou de todos os limites.

     

  9. Renan ficou furioso porque

    Renan ficou furioso porque percebeu que o PGR o usa como álibi para encarcerar o Lula. Diante da total falta de provas contra o ex presidente, disfarça-se a sordidez de sua prisão pedindo a prisão também de alguns golpistas, que logo serão liberados por habeas corpus expedidos pelo urubu-tucano do supremo.

  10. O que temer pelo futuro do Brasil?
    Leio estarrecido a notícia de que  “Renan pretende aceitar pedido de impeachment de Janot” No Brasil, ACUSADO, munido de prerrogativas inerentes ao cargo, procura destituir acusador para PERMANECER IMPUNE. Não importa o que faça, este pulha já é um defunto político e ainda não sabe. Não será mais eleito nem para síndico de edifício. Hoje não pode sair a rua sem ouvir “FORA RENAN”. Seu correligionários baba ovo e seus meganhas seguranças são os únicos que o protegem. E o que acontecerá com os demais corruptos? Embora muitos discordem, penso que tem que ser lavados e levados da vida pública para sempre. TODOS ELES. Ninguém está acima da Lei. NINGUÉM.  Meu apoio total à Operação Lava a Jato

  11. Uma coisa é certa….

    tanto a PF como o MPF foram muito além de suas atribuições e poderes usando de sua posição para promover uma casta de místicos e pseudos moralistas, passando a escrever suas próprias leis.

    Ninguém de bom senso pode admitir tal situação para o bem geral de toda a sociedade.

    Mas há um ganho. Aquilo que o Brasil assistia de nomeações com aprovações como ad referendum (o tanto faz como tanto fez) agora será levado a sério.

    Nesse caso, ambos praticaram atos ilegais e ambos devem ser punidos.

    Taca o pau Renan e vamos ver se o acusador mor também sabe se defender.

     

  12.   Chega a assustar a rapidez

      Chega a assustar a rapidez de raciocínio de Renan. Com esses “goles de uísque”, põe ao mesmo tempo a faca no pescoço de Temer e de Janot. E mais uma vez acena à Dilma – caso seja revertido o golpe, Renan já estará de braços abertos. Para colher as benesses, obviamente: no mínimo, como “Grande Eleitor” do PMDB, após a queda de Cunha e Temer – e o enquadramento do já citado Janot.

  13. Sorrateiramente

    De Renan pode se esperar algo sorrateiro.Não se espantem se nesta sexta-feira à noite antes do JN ele casse o Janot. As repercussões serão amainadas pelo silêncio de um fim de semana do esquecimento.Mas Renan supostamente já deve ter ouvido aquele ditado popular : quem tem…tem medo.

  14. Pô, logo agora que eu

    Pô, logo agora que eu começava a gostar das atitudes de Janot. Processar Aécio, enfrentar Gilmar, pedir a prisão desses três pilantras, Jucá, Sarney e Renan. Confesso estar confuso. Pra resolver de qual lado ficar vou ter que recorrer aos universitários: de que lado a goebbels está? 

  15. Renan está equivocado

    Renan está completamente equivocado.

    Janot só trabalha para pegar o Lula e Dilma. É só colocar como ministros mais alguns caras do PSDB e a lava-jato vai para as calendas.

    O ataque ao PMDB é só para fingir equidade praticada pelo MPF.

    Janot não está interessado em pegar ninguém do PMDB, mas precisa que este colabore com o partido do Janot.

  16. Cara,concordo com o

    Cara,concordo com o Renan,janot perdeu todos os limites.Inesquecível a patranha dele com o moro, no episódio,dos grampos ilegais sobre a Dilma e Lula.Quase provocaram mortes!

    Absurdo! ele tem a obrigação de agir de forma responsável com um País com mais de 200 milhões de pessoas.Recorra para a sua turma da globo e PSDB!

    Agora fica a pergunta: o por quê,da midía dar tanta corda,para o Renan?realmente é verdade o papo que a atuação do PGR está pondo em risco o golpe?

  17. Bem feito para esse procurado

    Bem feito para esse procurado Janot !

    Ele pensou que todos os politicos são uns bunda mole como do PT que apanham calado.

    Até agora não teve politicos que se ferraram mais que os do PT.

    Dlcídio é um exemplo.

    Foi mexer com as raposas da politica vai se ferrar.

    Bem feito !

  18. O Janot e o Moro foram aos

    O Janot e o Moro foram aos EEUU – talvez tenham sido cooptados pela CIA/NSA – e, quando voltaram…começaram a “detonar” tudo e todos em nome da “corrupção”…porém só focando em cima da Dilma e do Lula…Será que essa dupla esqueceu que os pilotos do Legacy que mataram mais de 300 passageiros do vôo da TAM…os EEUU não liberou coisa alguma e os caras estão soltos. Na minha opinião os dois são traidores da Pátria. Prender corruptos e congêneres…tudo bem…mas desmontar nosso Parque Industrial de Energia..(Petrobrás, Nuclebrás..e agora Eletrobrás)…a quem interessa tudo isso ? Nós brasileiros ..? Acredito que não. Estão trabalhando contra nossa Soberania…

  19. Percebo um efeito manada se formando…

    As delações deste meliante não passam de jogadas para se livrar de reclusão. Quais as provas que ele apresentou? Algumas acusações, inclusive, se referem à doações declaradamente LEGAIS. 

    Será que ninguém percebe que a grande imprensa começa a fazer campanha para criminalisar doaões legais de campanha? 

    Por favor, não colaborem com esta campanha engrossando este efeito MANDA: prendam todos políticos!!! Acusou, é culpado!!!

    Não é necessário dizer que  doação “legal” ou “ilegal” de empresas públicas são ambas imorais. A questão não é esta. A continuar assim, TODOS políticos serão presos e todos partidos (ou quase todos), fechados.

    Se querem incriminar doações legais que incriminem o sistema eleitoral. 

    Renan, intelectual e politicamente, não se compara a Janot. Janot é muito pequeno. Renan perto dele, está anos-luz na frente desse ignóbil.

    Posso estar enganado mas estes movimentos de Renan são apenas para dizer para o sr. Janot:

    – meu caro, se você quer um “cristo” para prender o Lula, que escoha outro. Pra cima do senado, não meu bem! Estamos acima de vocês.

    Só isto. Duvido que ele aceito o pedido de impeachment. 

    Creio que Janot já entendeu. A regra, desde 2006 é clara e Jano deve estar relendo-a agora onde se diz claramente:

    – prendam qualquer um que te agrade de preferência petistas. E se for um político da direita, que não seja do Senado.

    – no mais, ao gosto da Globo, vase à vontade. 

     

     

     

     

    • Não acho que foi recado vazado, não
      Ninguém pode acusar, neste nível onde se encontra R. Calheiros, de não serem, Renan ou outros, sagazes. Política, boa ou má é incompatível com falta de sagacidade. Mesmo a falta de competência em ser parlamentar não exime da falta da respectiva sagacidade. O PGR, adulto, usando uma expressão chula mas conveniente, ‘fez xixi dormindo’. Tá lá o lençol, todo molhado. E era uma noite bem fria… A percepção de Renan é só uma. Quando mexe no maquinário político, seja de que lado se esteja, tem-se ou requer-se a competência (sagacidade, acima ) para completar o raciocínio de onde esta nossa semelhante mexida de posição nos leva ( a todos, aos adversários, aos aliados a mim que mexi, inclusive ). Poderíamos chamar de caráter de previsibilidade, de sensibilidade para onde a consequência política nos leva. Não a um mas a todos.

      O diálogo de Renan tem que ser interpretado dentro deste escopo. O PGR sonhou um sonho impossível, maravilhoso e nítido porém o xixi dele, o real, naquela floresta paradisíaca, com aquelas cachoeiras todas ( sua imaginação ), foi concreto. Deixou o lençol e o colchão imprestáveis.

      Impeachment nele, Renan. Que vá brincar de atividade política sem um único voto em outro lugar. Se os mais sagazes todos tem que pensar jogo político, este sonhador de florestas inconsequente também tem…

      • E ainda considero que a manobra do PGR
        Foi ‘ocultação de cadáver’. Não ter pedido a prisão em flagrante do Juiz Moro naquela quinta feira de vazamento da intimidade telefônica de Lula com o fim de provocar ( com os editores da Rede Globo de asseclas ), comoção e incitação popular ao crime ( agitação popular , violação da ordem pública, à paz pública ). Tanto é verdade que o cidadão Moro inovou a seguir mas uma vez e de novo, em matéria penal, escrevendo agora de própria mão ( depois do fato do crime ), uma inacreditável ‘ carta de negativa de dolo penal ‘ tida e tomada como uma debochada ‘ relevante penal ‘ antes do processo! ! Vou dizer ao Dirceu pra escrever uma dessas…

        Prender o Moro em flagrante. Aí sim você veria o tamanho do Cunha rodrigueano, em não ter prevaricado como o fez. Coisas às quais a imparcialidade e a devida honra ao serviço e função públicas, quando bem exercidas, exigem Cunha, e a isto nos levam…

  20. ÉÉÉ

    Janot cavavndo a seputura junto com o Moro.Algo mudou no jogo, já não se vê PGR, MORO,OS INTOCáVEIS do Paraná tão convictos, tão seguros……e o Supremo continua seguindo o vento.

  21. Trecho da delação Sérgio

    Trecho da delação Sérgio Machado, ex-PSDB no senado, entre aspas:

    “- Em outro momento, Machado explica que, desde 1946, já estava consolidado o sistema de pagamentos de propinas em estatais, sendo que o padrão era de 3% em cima dos contratos de empresas a nível federal, 5% a 10% a nível estadual e 10% a 30% a nível municipal.:Entretanto, o executivo conta que “recentemente, em todos os níveis de governos, as pessoas saíram desse padrão e foram além, envolvendo a estrutura das empresas estatais e dos órgãos públicos, o que antes não acontecia”.

    A corrupção nas estatais teria começado em 1946, segundo Sérgio Machado, o amigão de Tasso Jereissati. Foi este último quem lançou o primeiro na política. Portanto, Machado deve muito ao senador eleito pelo Ceará, ao qual provavelmente deve ser muito grato.

    Bom, se eu fosse um dos velhos corruptos citados por Machado (Sarney, Rennan, Jucá, Temer, Aécio, etc) eu proporia também a cassação de Janot e do juiz Sérgio Moro. Isto porque eles estão de sacanagem com os políticos do PMDB e do PSDB, ou seja, fugindo do script do golpe, pois o combinado seria utilizar a Lava Jato para foder apenas os políticos do PT, por motivos óbvios, e a própria Petrobras. Mas os velhos corruptos podem ficar tranquilos que o comportamento do Janot e do Moro nada mais é do que um álibe para que a prisões do Lula e da Dilma sejam justificadas com base em delações premiadas ou não.

    Porque, se a coisa continuar do jeito que vai,  todos os políticos serão envolvidos na Lava Jato, e  restará à Rede Globo a opção pelo Janot ou pelo Moro. Como o Janot tem cabelos brancos, eu aconselho que ele seja alçado a condição de presidente interino do Brasil  pelos irmãos Marinho, em lugar do TEMER. O Moro, mais novo, poderá ser o vice de Janot. E aí toda a corrupção será ou terá sido extinta do território nacional, pois a mansão de Paraty, dos donos da Rede Globo de Televisão, não vem ao caso. Não é mesmo, Dr. Moro?

    E a Globo finalmente assumirá o monopólio também da corrupção em todo o Brasil, da mesma forma que já tem o monopólio da desinformação, da picaretagem e da sacanagem generalizada . E  a palavra CORRUPÇÃO será extinta do dicionário da Vênus Platinada. Por precaução, é bom não aceitarem mais a delação premiada do Eduardo Cunha, pois esse escroto sabe da vida de todo o mundo. Inclusive da vida do Janot e do Moro.

    Vocês estão achando este meu texto meio louco? Que brasileiro não ficaria depois da delação do Sr. Sérgio Machado, cria do Sr. Tasso Jereissati?

     

  22. tutto buona gente

    É inacreditável ver os adeptos do falecido governo Dilma/PT defendendo REnan Calheiros, cuja notoriedade é conhecida por todos que acompanham a politica brasileira ha muitos anos, mesmo depois que o governo caiu. São todos da mesma camarilha, golpistas e golpeados(até ontem juntos em nome da tal ‘governabilidade’ – leia-se propinagem e poder),, são tutto buona gente – só tem objetivo na vida: dinheiro e poder. Elege-se governo, golpeia-se governo e todos continuam do mesmo lado – o do seu próprio interesse. Os que defendem Renan Canalheiros aqui ou tem boquina de partido ou são massa de manobra – não há outra explicação para tal imundince e falta de respeito com quem está se ferrando no dia a dia trabalhando igual a um cão para sobreviver – a maioria da popualação brasileira. Enquanto a torcida briga eles enchem suaa barrigas gordas em festas juninas e a claque imbecilizadaI(dos dois supostos lados do teatrinho) fica aplaudindo notórios bandidos.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome