Sabesp quer reajuste de 22,7% nas tarifas de água

 
Jornal GGN – A Sabesp quer reajustar 22,7% das tarifas de água da Região Metropolitana de São Paulo. Na prática, as contas de quem gasta até 10 mil litros por mês aumentarão R$ 8,13 por mês. São 55% dos consumidores da região. Para aqueles que consomem 13 mil litros, a alta prevista é de R$ 11,94 por mês. A justificativa da Sabesp é para compensar os prejuízos que a companhia estadual teve em 2013 e 2014.
 
O aumento nas contas ainda precisa ser aprovado pela Arsep, que deverá divulgar o índice final em 25 de abril. Depois de publicado no Diário Oficial do Estado de São Paulo, o aumento passa a valer 30 dias depois. O diretor de relações com investidores da Sabesp, Rui Affonso, disse que a tarifa pode ser reduzida no futuro, se as condições hidrológicas melhorarem.
 
O pedido da Sabesp ocorre quatro meses depois de a companhia estadual aplicar um reajuste de 6,5% nas contas, em dezembro do ano passado, após a reeleição do governador Geraldo Alckmin (PSDB). Mas a Sabesp considerou que o aumento foi insuficiente diante das perdas sofridas pela empresa entre 2013 e 2014.
 
“A crise fez o lucro da Sabesp cair 53% em 2014 em relação a 2013. Esse foi o percentual de recuo nos juros e dividendos pagos aos acionistas da empresa – o maior deles é o Estado de São Paulo -, que caíram para R$ 252,3 milhões”, divulgou reportagem do Último Segundo
 
Com informações do Último Segundo.

9 Comentários

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Liduina

- 2015-04-17 23:55:36

Desculpe, o verbo deve ser

Desculpe, o verbo deve ser usado no presente. Nós continuamos com tudo isso, inclusive o ar.

Álvaro Noites

- 2015-04-17 16:39:28

Taca 200% que eles não

Taca 200% que eles não reclamam, afinal, eles repudiam o "Foro São Paulo".

Gilson AS

- 2015-04-17 16:25:44

Para esses coxinhas o

Para esses coxinhas o reajuste é pouco.

Tem de ser pelo menos 100%.

E mais, a água deveria ser racionada para uma vez por semana.

MarFig

- 2015-04-17 15:58:54

Taca logo 50% aí seus bocós,

Taca logo 50% aí seus bocós, a coxinhada está em estado de transe querendo o impcheament da Dilma e os seus jornais podem ser usados pra jogar a culpa no colo da Prefeitura e do Governo Federal. Peçam pra CBN dizer que um determinado diretor da Sabesp é irmão de um primo de um sobrinho do Haddad e que a Dilma Pena (ocultem o sobrenome) é a responsável por isso também.

Frederico69

- 2015-04-17 15:52:21

o lucro dos acionistas deve ser garantido,

afinal a 'crise' tá braba!!

[email protected]

- 2015-04-17 15:00:57

Ou seja, menor consumo

Ou seja, menor consumo precisa de tarifa mais onerosa para manter a lucratividade dos seus pobres acionistas.
Contra isso ninguém se revolta, já contra a energia elétrica...

Fiscais do Geraldão na cola, fiquem espertos!
Os do Sarney só faltavam linchar o "meliante".

Estevo

- 2015-04-17 14:46:38

o povo quer

Senhores,

Ontem a Folha superou a manchete do Estadao:

Folha: " SP quer  reajuste..." ;  o Estadao:  "Sabesp quer aumento..."

O primeiro folhetim diz que no final que o Governador Alkimim iria reduzir a pressao da agua para nao haver rodizio. Ótimo!

Acho que o pessoal da periferia de SP mente muito: disseram que ha lugares que tem ficado ate 7 dias sem agua... Mas como? O governador jamais falou isto.

Conclusao: o bagulho é doido.

 

 

Marcos Antônio

- 2015-04-17 14:24:05

Covenhamos - eles são

Covenhamos - eles são bons!

Os paulistas tiveram "RESTRIÇÃO HÍDRICA" e alguns tomaram banho de canequinha...

Criou-se tamanha comoção que paulista passou a dedurar paulista gastão de água!

Houve engajamento e o governador ganhou as eleições de goleada...

Pagaram contas infladas de ar...

22,7% e os paulistas vão para a rua protestar contra isso tudo que está ai....

Bruno Cabral

- 2015-04-17 14:11:44

Jeito tucano de governar

Privatiza os lucros, socializa os prejuizos.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador