Sobre terceira denúncia contra Temer, Maia diz que trabalhará pela “estabilidade”


Foto: Beto Barata / PR
 
Jornal GGN – Ainda que possivelmente um dos rivais de Michel Temer nas eleições deste ano, como já pré-candidato à disputa presidencial, o deputado Rodrigo Maia (DEM) mostra que não vai alimentar briga dentro do Congresso: questionado sobre uma eventual terceira denúncia contra Temer, Maia respondeu que trabalha “pela estabilidade política no Brasil”.
 
Os sinais de que uma possível terceira peça na Câmara dos Deputados contra o mandatário seria mais uma vez engavetada, em processo que poderia tirá-lo do comando do país, o presidente da Casa disse que não poderia responder por todos os deputados, mas que “pela presidência da Câmara”, pretende manter “as relações institucionais entre os poderes”.
 
Maia participou hoje de uma reunião da Executiva Estadual do DEM em Belo Horizonte, ao lado do deputado Rodrigo Pacheco, pré-candidato ao governo de Minas Gerais. 
 
“É um problema do plenário. Eu não posso falar por cada deputado. Eu posso falar pela presidência da Câmara. A presidência da Câmara trabalha pela estabilidade política no Brasil, pela estabilidade democrática do Brasil, pela manutenção das relações institucionais entre os poderes”, disse, no encontro.
 
 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  ONU prevê maior crise humanitária dos últimos anos e calcula gastos de US$ 35 bi para vulneráveis

2 comentários

  1. Gaveta das pedaladas
    MAM teve sua ordem de impedimento por pedaladas engavetada pelo Botafogo, podia mandar repetir os mesmos integrantes da analise do da Dilma, e fazer a coisa andar, mas… STF só bravata petista…

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome