Temer cancela viagem à Ásia por Lava Jato e eleições

Foto: AFP
 
Jornal GGN – O presidente Michel Temer adia, uma vez mais, a sua agenda de viagem oficial à Ásia. A justificativa dada pelo Planalto, em comunicado emitido neste domingo (29), era que a sua ausência a partir do dia 7 de maio poderia prejudicar as votações no Congresso Nacional. Entretanto, a decisão ocorre no ápice das investigações no Supremo Tribunal Federal (STF) contra o mandatário.
 
A agenda previa visitas a Cingapura, Tailândia, Indonésia e Vietnã, embacardo entre os dias 5 e 7 e com a volta prevista para o dia 14 de maio. Mas ele cancelou o roteiro, pela segunda vez, justamente quando a Polícia Federal (PF) enviou um pedido ao Supremo para adiar as apurações e diligências sobre o inquérito que investiga o decreto dos Portos.
 
Também foi marcada para a mesma semana em que Temer estaria ausente o depoimento de sua filha, Maristela Temer, que teria sido beneficiada de uma reforma feita com pagamento do coronel João Baptista de Lima, preso na Lava Jato.
 
Na semana passada, o mandatário já havia sido aconselhado a encurtar a programação no exterior ou, até mesmo, cancelar a viagem, uma vez que aqui dentro ele poderia articular melhor as estratégias de defesa jurídica, além das pautas que ainda segue levando no Congresso.
 
Mas, de acordo com o comunicado oficial divulgado pelo Palácio do Planalto e pelo Itamaraty, o motivo do cancelamento é outro: as pautas no Congresso e o “calendário oficial”. Por isso, além dos riscos de novas operações da Polícia Federal com mira nele, Temer quer estar preparado para articular as pautas que pretende aprovar e usar de bandeira para a possível tentativa de se reeleger.
 
“Tendo em vista o calendário eleitoral, a concentração de votações no Congresso, essenciais ao programa de reformas do governo, e a necessidade da ausência simultânea do país dos presidentes das duas Casas legislativas, durante o período da visita, por exigência da lei eleitoral, a pauta de votações no Congresso ficaria prejudicada”, informou o Itamaraty, em nota.
 
 
 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

12 comentários

  1. “A agenda previa visitas a

    “A agenda previa visitas a Cingapura, Tailândia, Indonésia e Vietnã, embacardo entre os dias 5 e 7 e com a volta prevista para o dia 14 de maio.”

    Poxa, tia Carminha deve estar tristíssima. Seria uam semana inteira como presidenta do país, aí sim, presidenta suprema.

    É interessante, a guardiã-mor da Justiça participar de uma farsa política. Os presidentes do SF e da CD inventam uma maneira de sair do país para não assumirem e ficarem inelegíveis. Tudo numa boa. Tudo coberto com recursos públicos.

    Golpistas podem tudo.

    • O Brasil continua sem governo…

      Quem deve assumir na ausência do vice é o presidente da Câmara, depois Senado e so então o presidente do Supremo. Carminha por mais ruinzinha que seja teria que elimiar ainda muita gente antes dela assumir a cadeira. So so eles forem todos juntos no mesmo vôo. O que seria temerario, mas na atual quadra, fica tudo mais ou menos na mesma.

      • Voo temerário e idéia de jerico
         

        Então o mandatário, o presidente da câmara e o do senado, embarcam juntos no mesmo vôo, que por capricho do destino segue o mesmo trajeto de Ulisses Guimarães.

        Sem alternativas, Carmen Lúcifer assume, com super poderes executivos, legislativos e judiciários.

        Como medida de urgência e para tirar o país da crise, o que a mandatária determinaria primeiro?

        Mandaria abrir uma “casa do pão de queijo” em cada esquina, que é para acabar com  fome do povo e o desemprego danação.

        Há esperança e luz no fim do túnel, mas é melhor sair dos trilhos,porque a luz da “justissa”  vai nos cegar e o trem da “democracia” vai nos  atropelar.

  2. Asilo na terra do orelhudo? Só faltava essa….

    Liam o trecho de um excelente artigo publicado no site https://www.globalresearch.ca/latin-america-in-the-time-of-trump-us-domination-and-the-neo-monroe-doctrine/5637399

    A análise é sobre a América Latina(recomendo ler o artigo inteiro) mas sobre o Br é bom ler sentado ou de costas.. (tradutor google): “O presidente do Brasil, Michel Temer, foi instalado na presidência por meio de um golpe no Congresso, prometendo privatizar todo o setor de transporte público, infraestrutura, mineração, petróleo e eletricidade, bem como o sistema financeiro e bancário. Temer e seus aliados no Congresso e no Judiciário asseguram que alianças militares e diplomáticas servirão aos esforços de Washington para derrubar os governos venezuelano, cubano e boliviano. Temer e seus aliados judiciais prenderam o principal candidato à presidência da oposição, Lula da Silva .

    Os sátrapas de Trump nas forças armadas brasileiras se juntaram aos EUA no policiamento do continente.

    Em troca, o presidente Temer, com 95% de desaprovação popular e enfrentando a prisão, garantiu a permissão do presidente Trump para obter asilo em Miami e se tornar membro de seu clube de golfe quando estiver fora do cargo.”

     

     

     

      • Em troca… caminho livre

        Não, o autor do artigo não afirmou que ele já pediu asilo. O que ele quis dizer é que EM TROCA de Temer cumprir a agenda em favor de washngton (privatizar as riquezas do Br) ele, Temer, se credencia para ter CAMINHO LIVRE para ir morar em Miami/eua e até de se tornar membro do mesmo clube de golf de trumpp.

        *Golpista de destaque em golpe yankee tem portas abertas na terra do orelhudo. SEmpre foi assim. No golpe de 64 o major Amaury Kruel traiu jango por 6 malas de dólar, e sabe-se mais o quê, pediu demissão do exército e foi morar com a família aonde?? Na terra do tio patinhas !

  3. Acho que estou ficando gagá
     

    E quando a gente vai ficando gagá não entende as coisas direito.

    Eu li o artigo todo, as alegadas razões do desinterino deletério mandatário danação para não sair do país mas não consegui entender, juro, não entendi mesmo a parte final desse parágrafo:

    “…Por isso, além dos riscos de novas operações da Polícia Federal com mira nele, Temer quer estar preparado para articular as pautas que pretende aprovar e usar de bandeira para a possível tentativa de se reeleger.”

    Foi tentativa de se reeleger que eu li?Que eu saiba, o nosso príncipe das trevas não é favorito nem no inferno.  

     

  4. Ainda bem, economia de
    Ainda bem, economia de dinheiro público.
    Não iriam resolver porra nenhuma lá fora para o bem do país.

    Que bom, pelo menos os cofres públicos economizam uma grana.

  5. O cancelamento tem nome e endereço certo

    Tem nada a ver o cancelamento por causa da lava jato e eleiçoes. Vamos encarar os fatos??

    Primeiro – O COMPROMISSO – O compromisso do Temer no golpe é o de cumprir a agenda de washington que é a de privatizar( vender baratinho) o Brasil aos interesses estrangeiros(maioria dos patrocianadores do golpe é de nacionalidade yankee): privatizar todo o setor de transporte público, infraestrutura, mineração, petróleo e eletricidade, bem como o sistema financeiro e bancário, e também fazer as reformas que retiram direitos sociais, trabalhistas, previdenciários etc. Não se esqueçam da privatização das Universidades públicas porque, sim, elas estão no pacote além de muitos outros interesses..

    Segundo – O JUDICIÁRIO É ALIADO DE TEMER/INTERESSES ESTRANGEIROS -O judiciário(pf, stf, lava jato etcs..) é aliado de Temer no golpe e o seu papel é o de assegurar que a agenda golpista/estrangeira seja cumprida sem embaraços de ordem legal, por isso é que nada será feito contra Temer agora e nem depois que ele sair da presidência. Todos os golpistas estão agindo em sintonia e em prol da mesma mesma agenda. Nenhum golpista será punido porque o judiciário também é golpista! Alguém ainda tem dúvidas disso??

    Terceiro – A QUESTÃO DAS ELEIÇÕES – Acordem! Temer não está nem aí com a reeleiçao!  Ele vai sair da presidencia, desse golpe, e curtir o resto do que lhe falta de vida – rico e/ou milionário se preferir –  , torcendo para que a sua doença( um cancer?, não sei)  lhe prolongue os dias para aproveitar todas as vantagen$$$ que a sua vida imunda lhe rendeu. É golpista em fim de carreira, gente. Muito provavelmente ele viverá no exterior com todas as garantias(Harvard já deve estar no horizonte do michelzinho, alguém duvida?). Por que ele ficaria no Br – um país que ele mesmo ajudou destruir?? Digo isso porque a coisa aqui vai ferver, e ele sabe disso, será um poço de problemas, de miséria e abandono, de insatisfação geral e manifestações por todos os lados com o agravante de muita violência policial para conter os insatisfeitos. O endurecimento do regime é uma consequência esperada para conter o descontentamento, e a intervenção no RJ dá uma noção do horizonte.  Além do que, o Br depois do golpe abandonou a ordem democrática e rasgou a sua própria constituição. Viver num país assim é desanimador.. O raciocínio é óbvio: ele vende o país e some para o exterior, simples assim.. 

    Quarto – A QUESTÃO DO CONGRESSO –  A maioria dos parlamentares da camara dos deputados e do senado são aliados no golpe de Estado ao lado de Temer e do Judiciário. O papel do congresso é o de aprovar a agenda golpista e parir à forceps as leis para oficializar a pilhagem e a retirada dos direitos sociais e civis, Mas, como muitos golpistas ainda tem boa idade para continuar na vida pública e continuar a mamar nas tetas públicas, inclusive alavancar os seus filhos na vida política, por ser ano de eleição acaba que que muitos deles tem que se ausentar para cuidar da campanha política, certo?? Aí é que entra a necessidade deTemer de estar pessoalmente exercendo controle para suprir as ausências e garantir o fiel cumprimento da agenda entreguista comprometida com os financiadores do golpe. Se nas 2 casas as lideranças estarão ausentes, quem tocará a agenda no congresso??

    Quinto – O CANCELAMENTO DA VIAGEM À ÁSIA – Temer teria adiado qualquer viagem ao exterior que colocasse em risco o avanço da agenda entreguista no br, mas o fato da viagem ser para a Ásia – o cancelamento –  tem um sabor especial porque também agrada washington. Não que o  Brasil seja uma figura imprescindìvel no evento, mas a ausência do Brasil/Temer em compromisso na àsia, geopoliticamente falando, sinaliza desprestígio e e claro alinhamento com os interesses dos Eua, afinal, atualmente a maior dor de cabeça dos eua é a eurásia(integração europa/ásia) ou as novas rotas da Seda. Sim, diz respeito à China, uma real ameaça econômica à hegemonia arrogante dos eua no mundo. As Novas Rota da Seda prometem abrir novos mercados, gerar desenvolvimento e, claro, vai criar relações de influência e poder na economia global. E, para apimentar a coisa – Russia está nesse projeto com a China! Sim, a mesma Rússsia, aliada do Irá, que, juntos, são a principal pedra no sapato dos eua e seus aliados no Oriente Médio na questão da Síria, que é objeto de desejo de Israel que tem ligaççoes intestinas com os eua. É um saco de gatos, pode acreditar…  

    As relações geopolíticas atuais, e o Br faz parte do mundo, está caótica pela ameaça real dos Eua perderem o protagonismo mundial na esfera econômica(China) e militar(Rússia) o que, seguramente, é o principal motivo dos eua e seus vassalos estarem transformando o mundo num puteiro repleto de golpes de Estado(América Latina inteira está sob ataque), ataques de falsa bandeira para justificar intervenção em nação soberana(Libia, Iraque, Ienem, Somália,Afeganistão, agora querem a Síria..mas não esquecer que a Venezula também está na mira para intervencão), financiamento de milícias mercenárias(guerra por procuração), mercenários diversos( em ongs, bloguieros, jornalistas, “movimentos sociais” etc) etcs mais..  Se nada mudar, levará o mundo a um conflito mundial a partir da Síria. 

    * Ásia tem a ver com Rotas da Seda – sóó para ficar em 2 exemplos 

    Ferrovia Kunming (China) / Bangkok (Tailândia) – Vai levar pessoas entre os dois países, por um terço do preço da passagem aérea para o mesmo trecho. Deverá ficar pronta em 2020, e será conectada a uma nova linha entre Tailândia e Singapura.

    Ferrovia Moscou (Rússia) / Kazan (Rússia) – Deve ficar pronta em 2020. Seus trens de passageiros vão alcançar 400 km/h e passar por 15 estações. Além de ligar as duas cidades russas, faz parte de um projeto maior: uma estrada de ferro  de 7 mil km, ligando Moscou a Pequim.

     

     

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome