Temer passa por cirurgia em hospital de São Paulo

Jornal GGN – Michel Temer foi submetido, no final da tarde desta sexta-feira, dia 27, a uma ressecção da próstata, uma cirurgia urológica para desobstrução do canal uretal. O procedimento foi realizado no Hospital Sírio-Libanês e ocorreu sem problemas. Temer se recupera em unidade semi-intensiva.

Ele foi internado no início da noite com quadro de retenção urinaria por hiperplasia benigna da próstata. Foi na quarta-feira, dia 25, dia em que Câmara dos Deputados votava a segunda denúncia contra Temer, que o problema apareceu e ele foi internado no Hospital do Exército após sentir-se mal. Foi-se constatada a obstrução urológica.

Em Brasília, Temer foi submetido a uma sondagem vesical, que é a introdução de um cateter pela uretra até a bexiga, para drenar a urina. Temer passou no hospital a tarde de quarta-feira, sendo liberado no início da noite.

Michel Temer prevê seu retorno a Brasília já na segunda-feira, dia 30, quando receberá Evo Morales, presidente da Bolívia.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora