Tirar Bolsonaro pelo TSE é mais fácil que impeachment, diz Renan segundo coluna

O caminho mais fácil de tirar Jair Bolsonaro é por meio do Tribunal Superior Eleitoral e não com um pedido de impeachment, teria dito o senador

Jornal GGN – O caminho mais fácil de tirar Jair Bolsonaro é por meio do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) e não com um pedido de impeachment que passaria pelo Congresso Nacional. O comentário foi do senador Renan Calheiros (MDB-AL), segundo coluna de Lauro Jardim desta quinta (02).

“Renan Calheiros disse numa conversa recente que o caminho mais curto para tirar Jair Bolsonaro do Palácio Alvorada é o TSE, que tem poderes para cassar a chapa presidencial, e não o Congresso, onde tramitam os processos de impeachment”, escreveu.

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Sem Bolsonaro e sem Mourão. Não há solução com o exército no centro da política, por Assis Ribeiro

3 comentários

  1. Até que enfim apareceu um que repetiu o que venho comentando por aqui já faz bom tempo: o TSE deveria desacovardar-se e tocar adiante o processo de cassação da chapa em face do crime eleitoral que beneficiou boçal/montão com disparos de fake news financiados por empresários. Mas cadê coragem que, aliás, sobra naquele tribunal quando é para cassar prefeitinhos mixurucas brasil afora mas não os “protegidos” por fardados? Só que sou um zé ninguém…e seria diferente se muita gente, inclusive jornalistas do porte de Nassif falasse todo dia da covardia do TSE nesse caso. Ou seja: ALÔ TSE, POR QUE PROTEGEM A CHAPA DAS VÍBORAS?

  2. Não há dúvidas que este é o caminho constitucional mais rápido e que já deveria ter sido tomado logo após a denúncia que foi estampada pela Folha de São Paulo , em 18/10/2018, sobre o financiamento ilegal por empresários, para a campanha de Jair Bolsonaro. Isto levaria a anulação da chapa encabeçada por este sr. e à convocação de novas eleições. A epidemia pelo coronavirus pôs a nu a incompetência do governo eleito com financiamento ilegal. Além de cometer novas ilegalidades ao lidar com a epidemia o governo toma medidas erradas no combate à este grave problema de saúde pública como a de reduzir salários que levarão ao aumento das taxas de mortalidade. Espero que o Congresso prontamente repudie esta medida genocida.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome