Três professores do IDP, instituto de Gilmar, concorrem a uma vaga no TSE

Foto: Divulgação

Jornal GGN – Três professores do IDP (Instituto Brasiliense de Direito Público), um dos projetos pessoais de Gilmar Mendes, concorrem a uma vaga de ministro substituto no Tribunal Superior Eleitoral – corte presidida, hoje, pelo ministro Gilmar. O portal Migalhas observou a relação entre os advogados e professores do IDP com a disputa na Corte Eleitoral.

Assine

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Escola fechada é sinal de que o resto não deveria estar aberto, diz Átila Iamarino

3 comentários

  1. Pelo jeito a presidenta

    Pelo jeito a presidenta Carmen Lucia só discorda do Gilmar quando é para prender os petistas na segunda instância (longe de mim querer sugerir que Gilmar que proteger petistas ladrões pois sei que pode ser todos os istas menos petista). E lá vai uma homenagem para esse Supremo dos Supremos.

    Alguns juízes são absolutamente incorruptíveis. Ninguém consegue induzi-los a fazer justiça.Bertolt Brecht

    Olha que bela frase de efeito presidenta Carmen Lucia! Vale também para o admirador do Aécio, Marco Aurélio. Vale pro mato no peito, Fux. Vale pro Facchin 180 páginas pró Cunha. Vale pra condeno porque posso Rosa Weber. Vale pro melífluo Lewandovski. Vale pro alma gemea do Gilmar, Tofolli e vale para o plagiador Alexandre de Moraes. Gilmar é hour concour. 

    • Reader’s Digest

      Imediatamente me veio à memória a revista norte-americana, na sua impressão brasileira, que ocupava meus momentos de ócio na infância. Por usar “momentos de ócio da minha infância” já dou a pista de quanto tempo isso faz. Tá bom, mas o que uma coisa tem a ver com outra? perguntar-me-ia certo Postiço, ao que, responder-lhe-ia eu, de pronto –  uma seção em especial, ó Exurpador, ó nosso Gaius Avidius Cassius, “Rir é o melhor remédio”.

       

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome