Vídeos mostram momento do rompimento da barragem de Brumadinho

https://www.youtube.com/watch?v=0Xf5dIXCKBY width:690

do El País

Vídeos mostram momento do rompimento da barragem de Brumadinho

Imagens do circuito interno, obtidas pela Band e pela Globo, retratam o instante que a lama toma a área em que estavam os trabalhadores

Dois vídeos obtidos pela rede de TV Bandeirantes e pela Rede Globo mostram o momento em que rompe a barragem da mineradora Vale em Brumadinho, Minas Gerais, no início da tarde da última sexta-feira (25).  Já foram encontrados os corpos de 110 pessoas que morreram, mas as buscas continuam por 238 pessoas que ainda estão desaparecidas, de acordo com o último balanço divulgado pelas autoridades brasileiras na noite da última quinta-feira.

As imagens reveladas pela Band mostram que, no momento em que a lama de rejeitos de minério começa a sair da barragem da Brumadinho, atingindo trabalhadores da empresa ainda estavam no local. Pessoas que dirigiam automóveis na área tentaram deixar o lugar nos veículos, mas foram atingidas pelo mar de lama. Os rejeitos, muito espessos, se moviam muito rapidamente. Um trem usado para mover o minério também é visto ao fundo, em movimento.

Já o vídeo divulgado pela Globo, obtido a partir das câmeras de circuito interno da Vale, mostram uma avalanche de lama que toma conta da Mina do Feijão. É possível ver um grupo de funcionários da mineradora tentando correr, mas são engolidos pela lama. As imagens rapidamente viralizaram nas redes sociais.

 

 

Leia também:  Orçamento de 2020 mostra redução acima de 80% para o fomento científico

O presidente da companhia, Fabio Schvartsman, admitiu nesta quinta-feira que as sirenes, que deveriam alertar às pessoas da área sobre qualquer problema com a estrutura, não funcionou. Segundo ele, elas foram “engolfadas” pela lama.

As causas do rompimento da barragem 1 da Mina do Feijão ainda não foram esclarecidas. Um inquérito policial para investigar o caso foi aberto e cinco pessoas, entre executivos da Vale e engenheiros terceirizados que atestaram a estabilidade da construção, foram presos preventivamente.

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

6 comentários

  1. “As causas do rompimento da

    “As causas do rompimento da barragem 1 da Mina do Feijão ainda não foram esclarecidas”:

    O segundo video mostra CLARAMENTE que foi excesso de peso pois a quase da barragem nao comeca de um buraquinho que fica maior e maior.  A reacao em cadeia comeca do lado esquerdo e atravessa TODA a barragem em menos de 1 segundo.

  2. Alem disso TODA a terra

    Alem disso TODA a terra (terra!!!!!) da barragem se move pra frente como um unico bloco.  Nao foi feita uma VALA antes.  O que eh dizer que os materiais organicos -plantas, gramas, matos, raizes- do solo estavam encharcados de agua e a terra colocada emcima deslizou na horizontal como um bloco unico por causa do excesso de peso.

  3. O segundo video eh da

    O segundo video eh da GLOBO??????

    Bem notei que tinha alguma coisa errada!  O racha da esquerda pra direita JA PRE-EXISTIA A QUEDA DA BARRAGEM!!!

  4. O segundo video NAO eh de

    O segundo video NAO eh de circuito interno mas de uma camera de mao ou telefone.  Alguem de sangue bem mais frio que o meu, note se.

    Note se tambem que dependendo da distancia a camera da ponte deveria ter tido um levissimo abalo sismico ao momento exato da ruptura e esse momento nao esta no video.

  5. De nota tambem:  o primeiro

    De nota tambem:  o primeiro video mostra a menos-densa terra vermelha sendo empurrada pra frente sem se molhar e sem se misturar com a lama mais escura de traz, que eh muito mais densa.

    E isso se Pass a ao que eu estou imaginando ser no minimo mais de 100 metros da origem!!!

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome