pílulas, por Zê Carota

pílulas

por Zê Carota

 

“ai, não vamos politizar a tragédia”.

bateu panela, claro.

°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°

não são policiais que matam traficantes e assaltantes, e não são estes que matam policiais, tampouco são policiais, traficantes e assaltantes que nos matam.

na verdade, quem mata são todos que nos incitam ao ódio mútuo, assim nos distraindo do óbvio: a necessária união contra o inimigo comum.

°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°

discursos pela paz e pelo amor estão me soando profundamente violentos.

não me aponte sua alma.

°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°

vestir branco pode ser bom pra você, mas é um insulto ao luto da dor alheia.

permita-se o silêncio. denota respeito e evita a violência do patético.

quer paz? lute por ela – como fez Marielle Franco.

°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°

munição da pf de Brasília roubada na Paraíba, chegando no Rio e São Paulo.

ok, façam logo as próximas vítimas: os falsos culpados.

°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°

não basta já ter negado aos negros brasileiros saber suas origens, lhes é negado também o direito de saberem quem executa seus destinos.

°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°

pré-candidatos, agora cês entenderam que a democracia é mais importante do que seus umbigos, e que somente Lula pode parar essa orgia de golpe, ditadura e guerra, ou vão continuar se candidatando a alvos e vítimas?

o recado está dado – e não por mim.

°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°

“Com o Supremo, com tudo”.

Contudo…

Não há contudo em golpes.

As instituições, todas elas, estão fun…

Having fun.

Escárnio.

°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°

naquela foto com o rato, sem a toga, cármen lúcia parece ainda menor – ou apequenada.

parece, eu disse.

°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°

ok, ministra, já sabemos que só se submete à pressão dos de sempre.

“A seguir, na Sessão da Tarde, uma galerinha muito animada…”

°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°

pato, sapo…

a revolução dos lixos.

°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°°

quando o rodrigo constantino nasceu, o obstetra, não distinguindo o que era cara e o que era bunda, deu o tapa na cara.

mais que sua aparência, isso explica o seu cérebro e tudo que deriva deste, inclusive sua opinião sobre a Scarlett Johansson.

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  O olhar canino, por Rui Daher

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome