A morte da atriz americana Julie Harris

Acabo de ler no Guardian a notícia do falecimento, aos 87 anos, de Julie Harris, uma das maiores atrizes do teatro e do cinema americanos (aqui o seu obituário).

A minha grande lembrança de JH será sempre a sua atuação no filme Vidas Amargas (East of Eden), uma obra prima de Elia Kazan, e para mim o melhor filme da curta carreira de James Dean. É inesquecível a cena entre Harris e Dean na roda gigante, uma das cenas de amor mais emocionantes da história do cinema.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Entrevista: Tadeu Jungle, diretor de "Rio de Lama", filme premiado na ONU

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome