Obra de Portinari roubada

Nassif, boa tarde,

Acho que quanto mais divulgarmos essa notícia mais chances de recuperar a obra.

É um serviço de utilidade pública à cultura nacional. 

Do JC Online

Quadro de Portinari é furtado de museu em Olinda

Publicado em 15.07.2010, às 11h03

A obra Enterro mede 0,23mx 0,33m e foi pintada em óleo sobre a madeira

A obra Enterro mede 0,23mx 0,33m e foi pintada em óleo sobre a madeira Foto: Divulgação

Um quadro do célebre pintor paulista Cândido Portinari foi furtado do Museu de Arte Contemporânea (MAC-PE), em Olinda. A obra, que se chama Enterro, mede 0,23mx 0,33m e foi pintada em óleo sobre a madeira. Funcionários do local deram falta da obra nessa quarta-feira (14).

Há informações de que o quadro estaria atrás de uma janela e, quando um funcionário foi fechá-la, no final da tarde, constatou que a obra havia sido roubada. As políciais Civil, Federal e também a Interpol já foram contactadas sobre o sumiço pela Fundação do Patrimônio Histórico e Artístico de Pernambuco (Fundarpe).

O fato também foi notificado, nessa quarta (14), às delegacias de Roubos e Furtos e de Crimes Contra o Patrimônio Público. Peritos do Instituto Tavares Buril estiveram no museu coletando materiais para a análise. Técnicos do Instituto de Criminalísticas também realizaram perícia.

A obra Enterro é de 1959. O quadro é da Série Azul do pintor. Como a obra está fora do circuito comercial, a Fundarpe não avalia o seu valor. Entretanto, obras assinadas por Portinari podem valer R$ 1,2 milhão. 

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome