Jornada pela Democracia pede #LulaLivre

Jornal GGN – A luta pela democracia une personalidades políticas e sociais em defesa da liberdade do ex-presidente Lula e também pela sua candidatura à presidência da República, na próxima segunda-feira, 14 de maio. E o local escolhido para abrigar esta edição da Jornada pela democracia foi o Sindicato dos Engenheiros de São Paulo, onde a concentração está marcada para as 18h. 

Quem toma a frente do evento é o deputado federal Paulo Teixeira (PT-SP) e, durante encontro, a vereadora Marielle Franco, assassinada no dia 14 de março; e o economista Paul Singer, um dos idealizadores da Economia Solidária, serão homenageados. No dia, também será lançado o livro “Enciclopédia do golpe vol.2: O papel da mídia”.

A cineasta Maria Augusta Ramos marcará presença no encontro, às vésperas de lançar em cartaz nacional o filme “O Processo”, sobre o impeachment da presidenta Dilma. O músico Renato Bráz, a cartunista Laerte e o escritor Raduan Nassar também estarão na Jornada.

Na luta pela democracia, entre as personalidades políticas confirmadas estão os ex-prefeitos de São Paulo e São Bernardo do Campo, Fernando Haddad e Luiz Marinho; o presidente do Instituto Lula, Paulo Okamotto; a diretora do Instituto Lula, Tamires Sampaio; e a presidenta do PT e senadora, Gleisi Hoffmann.

Também fazem parte do evento a ministra da Secretaria de Políticas para as Mulheres do governo Dilma Rousseff, Eleonora Menicucci; o senador Lindbergh Farias; o Bispo Dom Angélico Sândalo Bernardino; além de João Paulo Rodrigues e Raimundo Bonfim, dirigentes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) e da central de Movimentos Populares (CMP).

Leia também:  Sobre trajetórias e responsabilidade, por Tadeu Porto - diretor da FUP 

Serviço

Jornada pela Democracia #LulaLivre 

Local: Sindicato dos Engenheiros de São Paulo

Endereço: Rua Genebra, 25, Bela Vista – São Paulo, SP. Próximo ao Metrô Anhangabaú

Quando: 14 de maio, segunda-feira, às 18h 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

4 comentários

  1. Temos que responder à altura. Nada de dar a outra face

    Motoqueiro pró-Bolsonaro atira pedra em caminhonete só porque tinha na carroceria o adesivo #LulaLivre

    09 de maio de 2018 às 13p0, no Vi o Mundo

    https://www.viomundo.com.br/voce-escreve/motoqueiro-pro-bolsonaro-atira-pedra-em-caminhonete-so-porque-tinha-o-adesivo-lulalivre.html

     

      

    Arquivo pessoal

    Da Redação, com Olímpio Rocha

    Já pensou você ao volante, de repente, um motoqueiro, gritando palavras pró-Bolsonaro,  se aproxima e atira um paralelepípedo contra o veículo?

    Pois o médico Márcio Tarradt Rocha,  60 anos, foi alvo dessa barbárie na última sexta-feira (08/05), em Campina Grande (PB).

     

    Só porque havia colado na carroceria do veículo o adesivo #LulaLivre.

    Márcio já fo vereador e secretário da Saúde do município.

    Durante o governo Dilma, atuou no Programa Mais Médicos, em Lagoa Nova, cidade vizinha .

    O filho, o advogado e professor Olímpio Rocha,  postou no Facebook a mensagem abaixo, que o professor Daniel Valença, do Rio Grande do Norte, nos enviou:

    “Companheiros,

    vejam a que ponto chegou o fascismo em nossa cidade e em nosso país!

    Seguem imagens do carro do meu pai, Marcio Tarradt Rocha, danificado por um paralelepípedo jogado por um motoqueiro, na Rua Saturnino de Brito, próximo ao Amigão, no Catolé.

    O motoqueiro o destratou com xingamentos e gritou palavras de ordem pró-Bolsonaro, em razão do adesivo #LulaLivre na carroceria da camionete.

    Não satisfeito, atentou contra a vida de um homem verdadeiramente de bem ao jogar a pedra contra o veículo. Graças a Deus, não atingiu meu pai.

    As providências legais estão sendo tomadas e já pediremos imagens das câmeras de segurança dos moradores da rua, a fim de identificarmos o agressor.

    São tempos sombrios.”

    (Olímpio Rocha)

     

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome