Sistema NATO adquirido pela Embraer/ FAB

   Leiam em: www.aereo.jor.br/2013/10/09/iff-da-thales-equipara-os-a1m-e-e-99/

Em um mundo no qual a bisbilhotagem eletronica está no “ordem do dia” , um equipamento básico da avionica defensiva de duas de nossas principais aeronaves, que estão sendo modernizadas, são adquiridos da Thales, seguindo os milstd (military standards), da NATO – inclusive com a perspectiva, já contida e liberada, de comunicar-se com os modos operacionais (4 , 6 e S ) constantes na “babel” de frequencias-radar ativas e passivas NATO.

Claro que a Thales, liberou um dos modos, para que coloquemos nossa própria criptografia, compativel ao DataLink BR2 e aos F-5EM, cuja avionica defensiva é toda israelense (Elisra IFF/RWR) – um software nosso, em um total hardware turn-key. Eles são muito legais, mas a cada atualização de software, técnicos deles serão chamados, como por exemplo: atualização das bibliotecas eletronicas.

Pergunta 1: Quais os primeiros equipamentos de guerra eletronica desenvolvidos pela India, Israel, Africa do Sul e Irã, para suas aeronaves, incluindo as adquiridas de outros paises ?

Resposta: IFF e RWR

Pergunta 2: Porque Embraer/ELBIT/FAB/MinDefesa, que afirmam estarem contentes, com os sistemas da Elbit/Elisra componentes dos F-5EM, visando facilitar a logistica e o entendimento (o Elisra é “mais aberto”, e temos técnicos na Elbit/POA que o conhecem), não continuaram com o mesmo fornecedor ?

Resposta: Não tenho a minima idéia.

P.S.: o “liberada” que coloquei acima, referente ao escalonamento para frequencias privadas NATO: Tal equipamento para ser negociado pela Thales a Embraer, a um país não-NATO, foi aprovado previamente pelo Conselho da Aliança Atlantica e anuência da DSCA americana – ou não viria.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome