Coronavírus: apenas as vacinas não vão frear pandemia, diz OMS

Em um cenário de alta de casos e mortes, imunizantes não devem ser as únicas esperanças de governos e de populações

Jornal GGN – O novo aumento no total de casos e de mortes por covid-19 no mundo levou o diretor-geral da Organização Mundial de Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, a lembrar que a vacina não é a única saída para vencer a pandemia.

“Não se enganem. As vacinas contra a covid-19 são um instrumento vital e poderoso, mas não são o único instrumento”, disse, afirmando que a entidade não defende a adoção de “lockdowns sem fim”, mas a adoção de medidas combinadas “adequadas e ágeis” para contenção do vírus.

“Os países que têm se saído melhor têm adotado uma combinação de medidas sob medida, mensuradas, ágeis e baseadas em evidências”, disse Ghebreyesus.

Em entrevista, o diretor da OMS ressaltou que existe “confusão, complacência e inconsistências em medidas de saúde pública e na aplicação delas”, o que resulta em aumento da transmissão dos vírus e das mortes.  As informações são do jornal O Estado de S.Paulo.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora