Guedes admite erro de equipe e critica ministro “fura teto”

Embora não cite nomes, ministro da Economia fala sobre ações em torno de emendas que extrapolaram acordos políticos

Ministro da Economia, Paulo Guedes FOTO: EDU ANDRADE/Ascom/ME (via fotospublicas.com)

Jornal GGN – O ministro da Economia, Paulo Guedes, admitiu que sua equipe errou nas negociações do Orçamento 2021, mas que acredita na possibilidade de um acordo.

“Que deve ter tido erro na equipe econômica? Sim, certamente tem erro ali. Certamente tem erro quando um ministro pula a cerca e vai combinar um negócio que não está combinado com a Segov (Secretaria de Governo), que é quem está conduzindo o acordo político. Deve ter tido erro para todo lado”, disse ele em evento promovido por um banco de investimentos, segundo reportagem do portal UOL.

Embora não cite nomes, Guedes declarou que as ações tomadas por um “ministro fura teto” em torno do Orçamento federal pode comprometer o grupo inteiro, embora considere tal ação normal. “Isso acontece, volta e meia, e é natural. ‘Bota mais um pouquinho de dinheiro ali, bota um pouco mais aqui, bota um pouco mais ali.’ Esquece de combinar com os outros, né? Quando vai combinar com os outros, a conta não fecha”.

Embora não tenha mencionado o ministro, boa parte das emendas que extrapolaram o orçamento estaria relacionada ao Ministério do Desenvolvimento Regional, capitaneado por Rogério Marinho (e desafeto de Paulo Guedes).

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora