Manuelzão e Ouro Preto/Me fizeram velejar, 1, por Romério Rômulo

Nas estradas me quiseram, Nas cadeias me negaram

Foto Germano Neto

Manuelzão e Ouro Preto/Me fizeram velejar, 1

por Romério Rômulo

Manuelzão e Ouro Preto
Me fizeram velejar
Em fel e cianureto
Na borda escura do mar

Encantei pedra e montanha
Rasguei amores além
Com amargura tamanha
Nos olhares de ninguém

As terras que me fizeram
Entranhas que me olharam
Nas estradas me quiseram
Nas cadeias me negaram

Fui amante e agregado
Capitão e imortal
Fui sargento, fui soldado
Das águas de Portugal

Se querem saber de mim
Quando eu me fiz tal e qual
Manuelzão diz de onde eu vim:
Das Minas de Portugal.

Romério Rômulo

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome