Próximo período seco deve ser o pior em 91 anos

Governo emite alerta para emergência hídrica em cinco estados; comitê vai avaliar situação e adotar medidas para garantir abastecimento de energia elétrica

Jornal GGN – A reunião do Comitê de Monitoramento do Setor Elétrico (CMSE) realizada nesta quinta-feira confirmou a situação delicada do sistema elétrico nacional: o volume de chuva ficou abaixo do normal no mês de maio, segundo a ONS (Operador Nacional do Sistema Elétrico), e a seca projetada para o período de maio a setembro é a pior em 91 anos.

Considerando que a seca deve ser mais intensa nas regiões Sudeste e Centro-Oeste, ficou acertado que um comitê será criado especificamente para acompanhar a seca, o nível dos reservatórios e a oferta de energia, além das medidas que serão adotadas para garantir o abastecimento elétrico em tais regiões.

Segundo pessoas ouvidas pelo jornal Folha de São Paulo, no momento não se discute a adoção de campanhas de economia de energia, muito menos o racionamento – uma palavra vista como “maldita” ainda mais às vésperas da eleição presidencial (existe a percepção de que o apagão e o racionamento de 2001 foram decisivos para a primeira vitória de Luiz Inácio Lula da Silva nas eleições de 2002).

A reunião também decidiu sobre a prioridade do uso da água para garantir geração de energia nas principais usinas do sistema brasileiro, que estão justamente nas regiões Sudeste e Centro-Oeste. A recomendação é que mais água seja retida nas usinas hidrelétricas Jupiá, Porto Primavera, Ilha Solteira, Três Irmãos, Xingó, Furnas e Mascarenhas de Moraes.

Considerando tal prognóstico, o SNM (Sistema Nacional de Meteorologia) emitiu alerta de emergência hídrica para o período de junho a setembro, na região da Bacia do Paraná, que abrange Minas Gerais, Goiás, Mato Grosso do Sul, São Paulo e Paraná, informou o Ministério da Agricultura.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome