Salles afirma que governo vai dobrar verbas para o Meio Ambiente

Declarações seguiu a mesma linha do discurso omisso de Jair Bolsonaro na Cúpula do Clima

Jornal GGN – O ministro do Meio Ambiente, Ricardo Salles, afirmou nesta quinta-feira, 22 de abril, que o governo federal deve dobrar as verbas para a pasta, para sustentar questões a favor da preservação ambiental. A declaração foi dada após a participação de Jair Bolsonaro (sem partido) na Cúpula do Clima, em que o mandatário mentiu sobre os dados do orçamento.

“O presidente vai dobrar o recurso, isso é importante, porque dá justamente sustentação a esse pagamento que eu me referi a pouco das equipes da Força Nacional que podem aumentar substancialmente”, disse Salles, durante coletiva de imprensa.

Segundo o ministro, nesta semana será definido o Orçamento da pasta, junto ao Congresso. Na ocasião, ele reforçou a meta de redução do desmatamento legal a zero até 2030 e que isso permitirá a redução de até 50% da emissão dos gases do efeito estufa.

Em um plano de ação apresentado aos Estados Unidos para enfrentar o desmatamento, a pasta defende a ampliação das forças de policiamento, alegando que a categoria tem capacidade de logística e que a operação de garantia da Lei de Ordem, que garante a manutenção do Exército na Amazônia Legal, é uma decisão que está sendo avaliada.

Salles ainda apelou apoio internacional para atingir as metas do Brasil, que garante a “probabilidade de antecipar a extinção do desmatamento ilegal”.

Antes da coletiva de Salles, Bolsonaro (sem partido) minimizou o desmatamento no Brasil e mentiu sobre aumentar recursos para fiscalizar o meio ambiente, em discurso na Cúpula dos Líderes sobre o Clima na manhã de hoje.

Os tais recursos são os mesmos citados por Salles. No entanto, na semana passada, um ofício do Instituto Chico Mendes de Biodiversidade  (ICMBio) aponta que o órgão enfrenta restrições financeiras e que, por isso, a partir do mês de maio as brigadas de incêndio devem ser fechadas, impedindo o combate ao desmatamento.

Com informações do Uol.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora