Suposta frente da Operação Spoofing tentaria incriminar Palocci mirando Lula

Investigadores da Operação Spoofing estariam tentando relacionar o ex-ministro Antonio Palocci ao andamento da investigação, com o objetivo de atingir Lula

Jornal GGN – Investigadores da Operação Spoofing estariam tentando relacionar o ex-ministro Antonio Palocci ao andamento da investigação, com o objetivo de incriminar o ex-presidente Lula. A informação é da página O Sabiá.

Entre as mensagens apreendidas dos procuradores da força-tarefa de Curitiba na Operação, estão a tentativa de incriminar Lula por meio da divulgação da delação premiada do ex-ministro, ainda em 2016.

Parte da Operação Spoofing comprovou as ilegalidades cometidas pelos procuradores e o ex-juiz Sérgio Moro na condução dos processos da Lava Jato. Entretanto, outra frente das investigações buscou incriminar o hacker Walter Delgatti Neto, que divulgou as mensagens das autoridades e então procuradores da República.

Nesta frente, um inquérito da Polícia Federal obtido pela página apontou a tentativa de se criar a hipótese de uma “figura política” por trás dos crimes cibernéticos que levaram Delgatti a divulgar as mensagens e que teriam reconduzido a Lava Jato, sendo Palocci o mandante desta suposta organização criminosa.

A peça, segundo a página, tramitaria em sigilo e faz a conexão de Palocci com o hacker por meio de vínculos de uma antiga colega de Universidade do hacker com o ex-ministro. O então sogro da colega de Delgatti foi nomeado a um cargo na administração municipal de Ribeirão Preto, quando Palocci era prefeito, em 2001.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome