Você sabe o que é Soberania Alimentar?

Escute o podcast Plantando Resistência desta semana, do MST

da Página do MST

Você sabe o que é Soberania Alimentar?

Da Página do MST

“Soberania Alimentar: Por um Brasil livre da fome” é o tema do Plantando Resistência desta semana. O podcast vai ao ar na sexta-feira (15/10), às 12h, nas principais plataformas de áudio online.

O programa desta semana tem como objetivo denunciar o aumento da fome no Brasil e apresentar a Soberania Alimentar como uma ponte estratégica no combate a crise social que vive o país.

O Brasil está com fome. O relatório mais recente da própria Organização das Nações Unidas para a Alimentação e a Agricultura (FAO), uma das agências das Nações Unidas, apontou que 23,5% da população brasileira, entre 2018 e 2020, deixou de comer por falta de dinheiro ou precisou reduzir a quantidade e qualidade dos alimentos ingeridos. Os resultados evidenciam que, em 2020, a fome no Brasil retornou aos patamares de 2004.

Enquanto o país passa fome, o agronegócio segue tratando o alimento não como um direito social, mas como uma mercadoria cujo propósito primordial é lucro, assim como a produção de commodities para exportação. Os movimentos e organizações populares do campo e da cidade apresentam a necessidade de se construir um modelo de desenvolvimento agrícola, com base na construção da soberania nacional.

Nesse sentido, a soberania alimentar tem a ver com alimentos saudáveis, com cultura, com hábitos alimentares, com sistemas locais, com respeito ao meio ambiente, etc. O objetivo primeiro e central é a produção de alimentos saudáveis e variados, com qualidade e quantidade necessárias e suficientes, através de sistemas diversificados de produção.

Uma nação é soberana, isto é, manda no seu próprio nariz, e só é dona de seu próprio destino, quando ela tem alimentação suficiente para todo o seu povo comer e ainda estoque para vários anos. Ter comida suficiente para toda população e estocada significa Soberania Alimentar. Ou seja, discutir nossa soberania no combate à fome e um novo modelo de produção agrícola caminham lado a lado.

O Plantando Resistência, além de abordar esse tema através de uma entrevista exclusiva trará uma experiência produtiva diretamente do estado do Pernambuco, que tem se destacado nas ações de solidariedade desenvolvidas pelo MST desde o início da pandemia. Até o momento, o Movimento já doou cerca de 1 milhão de marmitas e 5 mil toneladas de alimentos saudáveis no combate à fome.

Serviço

Podcast Plantando Resistência

Quando? Sexta-feira (15/10)
Horas? 12 horas
Aonde? No Soundcloud do MST, Spotify Google Podcast

Escute o programa piloto AQUI.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

1 comentário

  1. Bolsonaro, Guedes, Bolsominion Bandeirola:
    Fome, Doença, Frio, Escárnio e Ódio …

    “Existe um povo que a bandeira empresta
    P’ra cobrir tanta infâmia e cobardia!…
    E deixa-a transformar-se nessa festa
    Em manto impuro de bacante fria!…
    Meu Deus! meu Deus! mas que bandeira é esta,
    Que impudente na gávea tripudia?
    Silêncio. Musa… chora, e chora tanto
    Que o pavilhão se lave no teu pranto! …

    Auriverde pendão de minha terra,
    Que a brisa do Brasil beija e balança,
    Estandarte que a luz do sol encerra
    E as promessas divinas da esperança…
    Tu que, da liberdade após a guerra,
    Foste hasteado dos heróis na lança
    Antes te houvessem roto na batalha,
    Que servires a um povo de mortalha!…

    Castro Alves
    Navio Negreiro
    Excerto do Canto VI

    http://www.dominiopublico.gov.br/download/texto/bv000068.pdf

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome