Vídeo de Desembargadora foi publicado fora do contexto, diz assessoria do TRT

O vídeo em questão está fora de contexto, o corte não foi fiel aos fatos, e seu discurso enfatiza a importância do amor e do afeto em tempos de pandemia.

Jornal GGN – No dia 23 de março, o GGN publicou um tuíte com vídeo de Desembargadora Gisela Moraes, presidente do Tribunal Regional do Trabalho da 15ª Região, em que, em trecho de discurso, ela dizia que ‘quem beija com fé não pega coronavírus’. O vídeo em questão está fora de contexto, o corte não foi fiel aos fatos, e seu discurso enfatiza a importância do amor e do afeto em tempos de pandemia.

O GGN recebeu nota do TRT para esclarecimento do fato e do ato em si.

Leia a nota a seguir.

“Com relação à nota publicada nesta segunda-feira, dia 23/3, no portal GGN, esclarecemos:

Alguns veículos de comunicação e perfis em redes sociais têm divulgado um trecho de discurso dito há 12 dias pela desembargadora Gisela Moraes, presidente do Tribunal,  no qual ela ressalta a importância do amor e do afeto em tempos de pandemia. Fora de contexto e deslocada no tempo, a mensagem não reflete os cuidados que a 15ª, em especial a presidente desta Corte, tem tomado para zelar pela saúde daqueles com quem nos relacionamos.

Nosso zelo pela saúde de jurisdicionados, advogados, magistrados, servidores, trabalhadores terceirizados e estagiários fez com que suspendêssemos todas audiências presenciais e estendêssemos o teletrabalho a praticamente todas as atividades. Com essas adversidades a que a nossa população está submetida, seguimos oferecendo a prestação jurisdicional de excelência que nos caracteriza.

Somos o melhor Tribunal do Trabalho do Brasil, segundo o Conselho Nacional de Justiça. E devemos boa parte desse reconhecimento ao afeto e ao amor com que tratamos todos aqueles que buscam os serviços oferecidos pela 15ª Região.

Pedimos desculpas, caso a mensagem disseminada fora de contexto e após o transcurso do tempo leve informação que não contribua com os esforços de todos no combate ao coronavírus. Reforçamos, entretanto, que, em tempos de crise, seguiremos acreditando no amor, na solidariedade e na prestação jurisdicional de qualidade como forma de pacificação social. 
TRT da 15ª Região”

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Celso de Mello deve atender Moro e divulgar íntegra de reunião com Bolsonaro

2 comentários

  1. Essa não é a desembargadora que quando assumiu a presidência do TRT fez elogios rasgados ao Bozo e levou um “passa fora” da representante da OAB?

  2. O Brasil não tem muita sorte com as desembargadoras! Será que o problema é no processo de escolha? Isso precisa ser revisado!

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome