20 anos, vítima da máquina de assassinar reputações de Veja

Do CromossomoX

Maria Clara Bubna – Sobre o Silêncio ou Manifesto pela Voz

Maria Clara Bubna

Maria Clara Bubna, 20 anos, é estudante do 1° período de Direito na UERJ e integra o Coletivo de Mulheres da sua Universidade.

Ela era – até ele pedir exoneração – aluna do Professor Bernardo Santoro,autor de uma postagem de conteúdo debochado e pra lá de machista feita, publicamente, em seu facebook, e repudiado, recentemente, e com toda a razão, pelo Coletivos de Mulheres da UFRJ, outra Universidade na qual Bernardo leciona.

Depois disso, Bubna passou a ser perseguida pelo professor – embora ele insista em afirmar o contrário, mesmo estando ele hierarquicamente, acima da aluna, em sua relação dento da Universidade –  que atribui, equivocadamente, a autoria do repúdio à Bubna e seu Coletivo, embora o Repúdio tenha sido redigido por outro Coletivo Feminista, de outra Universidade (???).

Continua no Cromossomo X

195 comentários

  1. Estupro coRREtivo?

    “Estupro corretivo”. Nunca tinha escutado ou lido essa expressão antes. Tive que reler para me certificar pois estava achando que fosse “estupro coLEtivo”.

    Daí ponderando sobre a importância desses dois termos combinados nessa expressão, pude compreender que tipo de caráter possúi esse cara.

  2. Duplicação de Conteúdo

    Olá!

    O texto acima é meu. Sendo assim, peço que não o ulitizem inteiro, mas sim que linkem para a minha postagem em meu site, como feito em alguns trechos.

    Agradeço.

    Abs.

    Paula Berlowitz

  3. Veja e seus seguidores facistas

    Professor facista, jornalista facista, revista facista. Acham que estão acima de todos e tentam calar quem não pensa como eles.

+ comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome