#EleNão pelo Brasil e mundo: Atos contra Jair Bolsonaro, ao vivo

 
Jornal GGN – Mulheres de todo o Brasil e de diversos países do mundo saem às ruas neste sábado (29) nos atos #EleNão, manifestações contra o candidato da extrema-direita, Jair Bolsonaro (PSL). Centenas de cidades brasileiras aderiram à campanha, que se iniciou pelas redes sociais.
 
O Coletivo de mulheres divulgou o “Manifesto das Mulheres Unidas contra Bolsonaro”, apontando os motivos para se posicionar contra a candidatura do deputado, entre eles o estímulo ao ódio e à intolerância, o autoritarismo e as suas propostas retrógradas de governo, que representam ameaças às conquistas, principalmente, de direitos sociais e a minorias.
 
Acompanhe como estão sendo os atos nas diversas cidades do país e do mundo, na seleção de minuto a minuto produzida pelo portal Brasil de Fato e pela Mídia Ninja:
 
 
 
 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Negros e pobres são os mais afetados pelo Covid-19, mostra Kotscho

11 comentários

  1. Você constata quando um

    Você constata quando um movimento de esquerda é bem sucedido quando a globo, folha e o uol se recusam a cobrir e por outro lado a mídia independente revela a verdade. Deu certo, o movimento das muheres já foi vitorioso!

    Parabéns a [email protected]!

  2. Maior manifestação em BH

    Há muito tempo que não estava numa manifestação tão grande como esta, hoje de tarde em Belo Horizonte.

    Todo cuidad é pouco, pois vi a cena de um sujeito de moto, num cruzamento de rua, tudo bem cuberto de roupa escura e capacete, sacando uma arma e apontando para os manifestantes. Parecia militar à paisana. Todo o povo que estava perto quis reagir e o sujeito acelerou, atravessou a rua onde descia a caravana e fugiu.

  3. Nao consigo acessar a página do Mídia Ninja

    Primeiro vem uma notícia de que o site usa certificado inválido. Acrescento uma exceçao, e vem uma notícia de que a página nao existe. Abaixo a censura!

  4. A manifestação em Lagoinha (SP)

    Lagoinha é um pequeno município com 4.960 habitantes, distante 22 Km de São Luís do Paraitinga, onde resido há exatos 10 meses. São Luís não marcou manifestação, mas Lagoinha sim. Chegamos lá pouco depois do meio-dia, já tinha acabado o ato, restavam cerca de meia dúzia de mulheres com camisetas vermelhas, cartazes, e alguns membros do MST, há um acampamento deles na área rural.

    Enquanto tomávamos uma cerveja antes de voltar, começou uma movimentação estranha por volta das 13 horas. Começou a chegar a galera do inominável. E foram chegando, descendo das caminhonetes, camisetas bem feitas, um deles com o filho de 8/9 anos pela mão. Era uma clara retaliação. 

    Começou a chamar a atenção a quantidade deles para o tamanho da cidade. Tinha gato na tuba. E foram chegando. Encerrei a cerveja e fomos embora, eu e minha companheira, antes que desse problemas. 

    Na metade do caminho de volta, passam por nós diversos carrões – Land Rover e SUVs – cheios de machos alfa, somente homens, em velocidade, bandeira brasileira e camisetas amarelas para fora, e brandindo latas de cerveja nas mãos. Instantes depois, mais um monte de carrões na mesma situação. Nenhuma dúvida mais, estavam indo para Lagoinha. 

    Na entrada de São Luís, cruzamos com a viatura da PM se dirigindo para Lagoinha, atendendo pedido de reforço de policiamento. 

    Chegamos no buteco, saquei o telefone e as coisas começaram a clarear. A página oficial da cidade no Facebook tinha publicado há cerca de 1 hora a foto do futuro ministro, pasta a escolher, Alexandre Frota, que estava de passagem pela cidade. Tudo explicado. Dedução óbvia: ele estava dentro do Land Rover que passou em velocidade cheio de machos em direção a Lagoinha. Como os homens do inominável gostam da companhia de homens, é incrível. Qualquer psicólogo de botequim mata esse diagnóstico em 2 minutos. 

    Ainda bem que os comentários no post foram de repúdio à presença do ministro do inominável nesta bela cidade. 

    A questão não é mais saber como chegamos a isso, mas agora ´o mais importante é saber como vamos sair disso. 

    https://www.facebook.com/saoluizdoparaitingasp/posts/2192632004141077?__xts__%5B0%5D=68.ARBLUvM7dVPsRb1SYK-ACs3yWvoIxvo8eqhin5NeuaKCJiLNUn7gyEf712VJhYweAxXuAgo1dOGYcB_ta1ulnfs-Y3V3hNfkC2sapEM0L_noHjN7U-euF8iUFuEZaAAKdIl4XgxLmubOgtNWTn2W8G_Zw-yHUB63gFCQM4CUIMtIvj9ipy9Ig&__tn__=-R

  5. Aqui no Rio de Janeiro havia

    Aqui no Rio de Janeiro havia uma multidão incalculável. Toda a esquerda presente . Adorei abraçar meu candidato a senador o Lindenberg. Teve coragem de estar rodeado daquela multidão. Para o senador 2 voto no Psol.

  6. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome