Hoje, às 18hs, Ato pelas vítimas e histórias silenciadas, em São Paulo

O ato consistirá, portanto, numa vigília para lembrar de quem foi retirado brutalmente do convívio de suas famílias, por meio de fotos e de suas histórias

do Movimento Vozes do Silêncio

Hoje, às 18hs, Ato pelas vítimas e histórias silenciadas, em São Paulo

30 de agosto é o dia destinado pela Organização das Nações Unidas – ONU, às vítimas de desaparecimento forçado, ou seja, aquelas que desapareceram após serem presas ou retidas ilegalmente por forças de segurança.

No Brasil, agosto é também o mês que simboliza a luta pela anistia política. A Lei de Anistia foi promulgada em 28 de agosto de 1979 e, portanto, vai completar 40 (quarenta) anos…. 40 anos de luta por uma anistia política dada de maneira restrita, parcial, inconclusa e ainda aplicada às avessas.

O ato consistirá, portanto, numa vigília para lembrar de quem foi retirado brutalmente do convívio de suas famílias, por meio de fotos e de suas histórias, e para dar voz a quem teve que se manter em silêncio por tantos anos para sobreviver à perda e à injustiça.

Compareça! Venha contar essas histórias. E Traga flores. As flores são símbolos de uma cultura de amor e de muitas lutas memoráveis pela democracia.

Flores também são vozes do silêncio.

Serviço:

Horário: 18h às 21h

Local: Parque do Ibirapuera – Portão 10 – Moema – São Paulo

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Comissão denuncia governo Bolsonaro sobre violação dos direitos humanos em reunião internacional da ONU

1 comentário

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome