Indenizações de Dilma foram doadas a Tortura Nunca Mais

Revista acusa Dilma de receber um total de R$ 72 mil do Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais. Mas além de não ter sido pago, valores já tem destino: doação a grupo

Enviado por Nara Serra

Comentário à publicação “Damares usa Ministério dos Direitos Humanos como arma política

Sobre esse trecho da matéria: “Dilma recebeu um total de R$ 72 mil do Rio de Janeiro, São Paulo e Minas Gerais. Mas a União ainda não a indenizou.”

Na carta divulgada pela ex-presidenta Dilma, ela deixa explícito que as indenizações do Rio e São Paulo foram doadas ao grupo Tortura Nunca Mais.

“É fato que as indenizações que me foram concedidas pelos estados de São Paulo e Rio de Janeiro, onde estive detida e fui submetida a interrogatórios por agentes dos aparelhos de repressão, foram doados ao grupo Tortura Nunca Mais. Disso não me arrependo. Sei que o Brasil não irá se conciliar com sua história enquanto a tortura for uma política praticada por agentes públicos. Por isso, a atuação do Tortura Nunca Mais segue tão importante.”

Texto completo aqui:

Por Dilma Rousseff

O país continua mergulhado em dias sombrios, onde políticas de Estado são destruídas e a perseguição política ganha cores dantescas, com o desumano e implacável tratamento dado ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva.

Mais uma contribuição é acrescentada a esse ambiente de retorno às trevas. Agora, algumas das personagens mais tragicômicas desse governo – no Executivo e no Congresso – utilizam as legítimas e legais indenizações às vítimas do terrorismo de Estado para atacar aqueles que, como eu, foram ferozmente perseguidos e torturados pela ditadura militar. Tal tentativa evidencia grande vilania e desprezo pelos fatos.

É fato que pedi indenização à Comissão de Anistia do Governo Federal, já que fui vítima da brutalidade do regime militar, submetida à tortura e presa por mais de três anos, ainda na década de 1970.

É fato que a Constituição Federal de 1988 estabelece indenizações a serem pagas às vítimas e a seus familiares pelo Estado Brasileiro, conforme estabelece as Disposições Transitórias da Carta.

É fato que os Estados federados consideraram necessário indenizar aos que, embora sendo presos pela União, por ela interrogados, torturados e condenados, foram, em alguns casos, entregues momentaneamente aos órgãos estaduais de polícia.

É fato que, ao integrar o governo Lula, como ministra, e, depois, ao chegar à Presidência da República, suspendi o processo indenizatório por razões éticas. Considerava indevido ser beneficiada pelo Estado Brasileiro enquanto era ministra e Presidenta da República.

É fato que as indenizações que me foram concedidas pelos estados de São Paulo e Rio de Janeiro, onde estive detida e fui submetida a interrogatórios por agentes dos aparelhos de repressão, foram doados ao grupo Tortura Nunca Mais. Disso não me arrependo. Sei que o Brasil não irá se conciliar com sua história enquanto a tortura for uma política praticada por agentes públicos. Por isso, a atuação do Tortura Nunca Mais segue tão importante.

É fato que, depois de ser afastada da Presidência da República, em 2016, por um vergonhoso Golpe de Estado apoiado em um impeachment fraudulento – como agora até mesmo adversários arrependidos reconhecem – decidi recorrer, agora sem nenhum impedimento de ordem ética, à Comissão de Anistia do Governo Federal para pleitear o que me cabe por direito. Reafirmo ter sido vítima da tortura e da brutalidade da ditadura militar, como centenas de outros jovens e velhos militantes de esquerda. Muitos perderam suas vidas naquele período.

Uma figura do atual ministério declarou à mídia que vai negar meu pedido de indenização porque eu já havia recebido tal indenização dos três referidos estados. Não me surpreende. Este governo trata os adversários políticos como inimigos e a inimigos não se indaga nem se questiona as razões. Assim, desconhece que a Comissão de Anistia do Governo Federal, na grande maioria dos casos, deduziu dos pedidos da União as indenizações recebidas dos estados federados. E isso porque os estados aprovaram leis específicas e abriram procedimentos para os pedidos de indenização ainda nos anos 1990, portanto, bem antes do Governo Federal regulamentar, em novembro de 2002, tais indenizações.

Na verdade, tais figuras não concordam é com o ato político de indenizar as vítimas porque isso significaria reconhecer o profundo e explícito repúdio à iníqua e covarde violência praticada pelo poder ditatorial contra uma pessoa indefesa.

Para lembrar Darcy Ribeiro, tentamos fazer o Brasil desenvolver-se autonomamente. E fracassamos. Mas os fracassos são nossas vitórias. Eu detestaria estar no lugar de quem nos venceu.

O que é meu por direito não poderá ser negado pela história e pela Justiça. A vida é luta. E eu continuarei a lutar por dias melhores para o nosso povo e para o Brasil.

Lula Livre!

Dilma Rousseff

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Canção popular e barbárie: a música na tortura, por Paulo Fernandes Silveira

30 comentários

  1. Parabéns Dilma.
    -Quero saber quando as filhas de almirantes e congêneres, pessoas de bem? doarão suas marotas pensões aos prejudicados por seus pais?
    Lula Livre!

  2. Parabens Presidenta. As filhas dos militares que mentem descaradamente que sao solteiras, para receberem polpudas pensoes(pagas por todos nos) e que deveriam ter seus valores retirados(e o Pais deveria fazer um pente fino para ver se elas n vivem martalmente, e as vezes ate com filhos). Mas este governo quer mesmo e proteger este pessoal indigno…

  3. Nassif: agora entendi porque a ministra da GoiabeiraCeleste quer interromper a indenização. É que a PresidentaGuerrilheira iria doar o dindim pra “TorturaNuncaMais” e o governo daBala esta lançando o slogan da Campanha “TorturaSempre”. Os NaziCoxinhas e os NaziSionistas encomendaram até uniforme para desfilarem nesta campanha. Paulista totalmente tomada. Com milicos garantido o sucesso do corso.

    Mas isto é apenas por picuinha política da ministra, porque financeiramente vira dinheiro de Israel para atender este apelo dos VerdeSauvas e da ColôniaEstrelaAmarela (semelhante a Trindad, no Chile).

  4. Mais do que justo que seja indenizada por tudo que passou, e que siga na luta por que nossa tão combalida democracia depende dessa grande mulher.

  5. Estamos sendo governados por bandidos celerados e com déficit cognitivo.
    O maior do ladrões está no ministério da justiça.
    Na presidência uma quadrilha familiar que rouba e mata.
    No ministério um bando aloprados sem qualquer noção de como se administra um país.
    Na cúpula do judiciário um bando de déspotas determinados a destruir qualquer vestígio de nação.
    Não consigo ver nenhum futuro para o Brasil.
    As desgraças recentes em Brumadinho e no Ninho do Urubu do Flamengo são o nosso futuro.
    Enfim, somos um país em ruínas e o principal responsável por isto é o judiciário que não cumpre com os seus deveres, mesmo sendo os funcionários públicos mais bem pagos do mundo..

  6. Sigo admirando e respeitando a presidenta. História que não se apagou não se apagará. Ficará pra sempre na história do país para a vergonha nacional, a tortura, o cácere, e a deposição de uma mulher que ama seu país e por ele luta de todas as formas possíveis. Mulher honesta em quem não se encontrou dolo algum. Todo amor minha honrada presidenta.

  7. Não deveriam receber nada, somente aquelas pessoas que, inocentemente, foram, de alguma forma, prejudicada pelo Estado.
    Aquelas pessoas que pegaram em armas para lutar contra a ditadura militar para instalar uma outra ditadura, que se instalada, seria mais violenta e assassina que a primeira, naodeveria receber nada. O Gabeira foi um do mais sensatos dos ex-guerrilheiros.

    • Falou tudo Mauro Souza. É como disse o filósofo Immanuel Kante: “O sábio pode mudar de opinião. O idiota nunca”. Assim eu vejo no Gabeira.

  8. Grande mulher guerreira que combate o bom combate sem dar ouvido aos falsos moralistas e facistas. Minha admiraçao querida presidenta!

  9. É duro ser estátua e ficar parado assim vendo tudo passar perto de mim. Parabéns juventude brasileira que hoje são livres e garantidos tudo isso é fruto do sonho de muitos que hoje vão para a prateleira da história como folhetim. Minha presidenta meu presidente motivo dos sonhos hoje pesadelos.

  10. Como dizia Chico Xavier, “poderia ser pior.”
    Como bem disse Dilma, citando Darci Ribeiro, “detestaria estar no lugar de quem nos venceu.”
    Poderia ser pior, sendo eu o torturador, sendo eu o golpista, sendo eu o encarcerados, sendo eu o crucificados.
    Muito melhor ser a vitima a ser o algoz. Jesus sobreviveu, Dilma sobreviveu, Lula sobreviverá.

  11. “Aquelas pessoas que pegaram em armas para lutar contra a ditadura militar para instalar uma outra ditadura, que se instalada, seria mais violenta e assassina que a primeira, ”

    Cara, me desculpe, mas pelo que você escreveu, fica parecendo que você é um futurólogo. Quem lhe disse que a intenção era “instalar uma outra ditadura, mais violenta, assassina” etc?
    Por acaso o governo João Goulart era uma ditadura assassina?
    De onde vocês coxinhas tiraram a ideia de “bandeira jamais será vermelha”?
    Nos 12 anos de governos do PT alguma vez você viu o governo ou os partidos de esquerda proporem a mudança das cores da nossa bandeira?
    Acho que você está assistindo muito os vídeos do ASTRÓLOGO maluco Olavo de Carvalho.
    Pelo que sei, para alguém se dizer professor ou agrônomo, deve ter se formado em Pedagogia ou Agronomia.
    Olavo é astrólogo. Curioso e articulado falador. “Filósofo” de ignorantes.

  12. Muito bem + porque não doou antes só agora q perdeu o benefício quer doar ! q eu saiba depois q perdeu não e mais seu ! Dilma : então como vc vai doar algo q não e seu vai trabalhar minha senhora igual eu trabalho nao sou obrigado a pagar pelo seus caprichos

  13. Boa tarde povo ,já esqueceram que a ilustríssima Dilma Rousseff cometeu crimes na sua juventude, atuando como assaltante a mão armada de bancos para suprir as necessidades da organização comunista da qual participava…

  14. Pasmem SRS Dilma e a esquerda querendo ser reparada por causa do regime militar,parece que ela era a madre Teresa de tanta santidade,foi provado o passa Dilma,Lula o maior ladrão do Brasil foi julgado condenado em todas as estâncias,esse pessoal acha que o brasileiro e idiota,idiota são esses doentes que acreditam nesse discurso fúnebre,Lula na Cadeia até apodrecer

  15. Grande Presidenta Dilma! Merece ser indenizada pela tortura praticada pela ditadura de 64 e pelo impeachment dos Canalhas, Canalhas, canalhas!

  16. Pergunta à Comissão de Anistia: Os jovens que prestaram o Serviço Militar Obrigatório nos anos 60 e 70 , PRINCIPALMENTE os que serviram o exército em Quartéis por período integral , cumprindo prontidão causada pelos ataques de terroristas chefiados pelo desertor Cap. Lamarca, não tem direito também à indenização por TORTURA Física e psicológica??
    Afinal de contas, guerra é guerra…????

  17. Por isso que o Brasil não foi pra frente! Uma bandida ser indenizada. Pelo quê ela tinha que ser indenizada? Pelos assaltos praticados? Tinha que ser é condenada pelos crimes realizados, ela e toda a turma dela.

  18. Percebo uma troca de valores.As pessoas de bem, trabalhadoras e honestas tiveram uma vida normal e tranquila durante o governo militar. ..os vagabundos e arruaceiros, esses sim tiveram problemas. indenizações? Tenha vergonha na cara! Por favor.

  19. Devolveu, me engane que gosto, e quem paga a indenização às vítimas do seu teŕrorismo, quem devilve à família de Ademar de Barfos o dinheiro roubado; pt nunca mais

  20. Valeu, Dilma!
    Os Torturadores deviam ser punidos. Mas esses cachorros vão morrer na impunidade. Se houver vida além túmulo, eles pagam a conta ao Satã. Se não existir vida além túmulo…

  21. + comentários

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome