Justiça obriga retirada de Fake News sobre jovem assassinado na Maré


Foto: ABr

Da Revista Forum

Justiça obriga Facebook a remover fake news sobre estudante morto na Maré

Justiça deu prazo para Facebook retirar o conteúdo mentiroso do ar e determinou a identificação dos IPs dos perfis que compartilharam a fake news, que tentava associar o jovem Marcos Vinicius da Silva, assassinado em uma operação policial, ao tráfico
 

O Tribunal de Justiça do Rio de Janeiro determinou, nesta sexta-feira (29), que o Facebook retire do ar as fake news que se espalharam contra o jovem Marcos Vinícius da Silva, de 14 anos, assassinado em uma operação policial no Complexo da Maré, no Rio de Janeiro, na semana passada.

Dezenas de usuários da rede social compartilharam uma imagem de um menino com uma arma na mão que tentava associar o jovem assassinado ao tráfico. Na decisão, a juíza Maria Cecilia Pinto Gonçalves deu prazo de 48 horas, a partir da notificação, para que o Facebook retire o conteúdo do ar. A magistrada solicitou ainda que a rede social identifique os IPs dos perfis que compartilharam a notícia mentirosa.

Leia a matéria na Revista Fórum

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Biden enfrentará "anarquia da desinformação" na imprensa e redes sociais de ultradireita

2 comentários

  1. Fake News fantasiado de noticia seria…

    “A magistrada solicitou ainda que a rede social identifique os IPs dos perfis que compartilharam a notícia mentirosa”

    Esse eh a mentira desde item.

     A “magistrada” solicitou OS COMPARTILHADORES da noticia????

    Que bom saber que noticia falsa NAO TEM ORIGEM, nao eh?

    E nao vai dar outra:  MBL.

  2. #

    É impressionante e lamentável a quantidade de espíritos de porco na internet.

    Uma senhora tem a sua filha de 12 anos raptada e, um animal desgraçado pega o número do telefone dela na TV e passa a mandar mensagens dizendo que a menina está sendo torturada etc.

    Pior é saber através da polícia que o cara costuma fazer isso impunemente em vários casos parecidos que deram repercussão na mídia.

    Diante de uma tragédia a pessoa tem a capacidade de difamar vítimas e brincar com o sentimento alheio.

    Acho que deveriam levantar também os IPs dos que difamaram Marielle, com fotos falsas e mentiras.

     

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome