Líder sindical da Espanha diz que pedirá Nobel da Paz a Lula

"Lula representa hoje, para os trabalhadores do mundo, o mesmo que Nelson Mandela representou contra o Apartheid", disse Pepe Álvarez

Jornal GGN – O secretário-geral da União Geral de Trabalhadores (UGT) da Espanha, Pepe Álvarez, defendeu que o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva ganhe o prêmio Nobel da Paz e pediu a libertação de Lula: “O que fomos vendo e lendo na imprensa evidencia que por trás havia uma conspiração para tirá-lo da corrida eleitoral”, afirmou, segundo a agência espanhola de notícias EFE.

“Lula representa hoje, para os trabalhadores do mundo, o mesmo que Nelson Mandela representou contra o Apartheid”, disse, ainda o líder sindical, acrescentando: “Nunca duvidei da integridade de Lula. Tive a oportunidade de me encontrar com ele em Barcelona e acho que as acusações não se sustentam”, em referência à condenação conduzida pelo ex-juiz e atual ministro da Justiça, Sergio Moro.

Álvarez esteve no Brasil participando do Congresso Nacional da CUT e, em tom de esperanças, disse estar “absolutamente convencido” que o ex-presidente “não demorará muito” para deixar a prisão na sede da Polícia Federal de Curitiba, aonde está detido desde abril de 2018.

Em nome da UGT, disse que a central pedirá ao Comitê do Nobel que o ex-presidente receba o prêmio e que espera “que o sindicalismo global solicite o mesmo”, o que, em sua visão, seria “muito importante para os desejos dos trabalhadores do planeta” e uma maneira “de se fazer justiça”, acrescentou.

4 comentários

  1. Será que os velhinhos vão afrontar o grande irmão do norte???? Aquele que, para agradar, nomearam terrorista e presidentes assassinos?
    Será que Louis Ignatius Lulla Lulla Sylvva irá levar o prêmio que Obama lhe tomou, para espanto do próprio????
    Será????

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome