Liderança indígena é assassinada no MS

 
Cacique da aldeia Guariroká é assassinado em Caarapó
 

O indígena Ambrósio Vilhalba, de 52 anos, cacique da aldeia Guariroká, em Caarapó (MS), foi assassinado a facadas durante a madrugada desta segunda-feira (2).
 
Informações levantadas pela polícia apontam que na noite de ontem, ele estava com um grupo de pessoas em uma confraternização dentro da aldeia; horas depois voltou para a casa sangrando, caiu no quarto e morreu.
 
Ele apresentava dois ferimentos provocados por um objeto pontiagudo, sendo um no pescoço e outro no peito. As autoridades e o socorro foram acionados, porém, já era tarde. De acordo com o pai, Tito Vilhalba, o cacique vinha recebendo ameaças de morte.
 
A vítima ficou conhecida por ser defensora de seu povo, e liderar ações como ocupações de terra e bloqueio de rodovias. Duas pessoas foram detidas pela polícia, e encaminhadas a delegacia para prestar depoimento. Uma faca supostamente utilizada no crime foi apreendida. O caso está sendo investigado.
 
Veja o Cacique Ambrósio no filme Terra Vermelha: 
 
http://www.youtube.com/watch?v=nOCFZWF_Wb4 width:700 height:394

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  CDHM debate violência contra defensores de direitos humanos e as consequências da reforma da Previdência para grupos vulneráveis

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome