As exportações para a China de acordo com as regiões no Brasil, por Luis Nassif

Em 2012, as exportações para os EUA correspondiam a 64,6% das vendas para a China. Em 2021 caíram para 35,4%.

Uma análise do destino das exportações brasileiras, por região de origem e bloco de países de destino, confirma o predomínio massacrante da China.

Na divisão por Blocos, China está incluída na Ásia (Exclusive Oriente Médio).

É o maior destino das exportações de todas as regiões brasileiras.

O segundo maior destino geral é a Europa, com algumas diferenciações. No Sul, o maior destino é América do Sul; no Sudeste e Nordeste, é a América do Norte. No Norte e Centro-Oeste – e também na contagem total – é Europa.

No terceiro lugar entra a América do Norte.

De 2012 para cá, aumentou substancialmente a distância entre Estados Unidos e China.

Em 2012, as exportações para os EUA correspondiam a 64,6% das vendas para a China. Em 2021 caíram para 35,4%.

0 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador