Explodem as importações brasileiras da Rússia, por Luis Nassif

Mesmo assim, houve um aumento de 26,4% em relação ao mesmo período do ano passado. No total, foram US$ 3,8 bilhões exportados.

Reprodução

As exportações brasileiras para a Rússia são inexpressivas. No acumulado de 12 meses, até setembro de 2022, representaram apenas 0,8% das exportações totais brasileiras. Mesmo assim, houve um aumento de 26,4% em relação ao mesmo período do ano passado. No total, foram US$ 3,8 bilhões exportados. O primeiro item foram as exportações de soja, com US$ 1,3 bilhão, e 64,5% de crescimento em relação ao ano passado, mostrando os receios da Rússia com a queda na produção agrícola dela e da Ucrânia. Houve crescimento também na compra de carne e açucar.

Já as importações explodiram, especialmente em função do aumento de compras de fertilizantes, petróleo refinado e carvão. Embora tenha havido queda relevante em produtos siderúrgicos e metais não ferrosos.

Luis Nassif

1 Comentário

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Seja um apoiador