Grandes montadoras perdem espaço no mercado

Por Marco Antonio L.

Do Webmotors

GM foi a que mais perdeu este ano

Marca perdeu 1,46 ponto. Kia foi a que mais cresceu: 0,83% ponto percentual

Por Joel Leite 

As quatro grandes – Fiat, Volkswagen, GM e Ford – ainda dominam absolutas o mercado interno, com 70,9% das vendas de carros e comerciais leves, mas pouco a pouco as novas marcas vão avançando e conquistando seu espaço.

Nos oito primeiros meses deste ano as grandes perderam, juntas, 3,28% de participação em relação ao mesmo período do ano passado, sendo que mais da metade foi da GM, que viu sua participação cair de 19,8% para 18,4%, isto é: perdeu 1,46 ponto. Além de não acompanhar o crescimento de 7,5% no mercado verificado no período, a GM nem mesmo repetiu os números absolutos do ano passado. Nos oito primeiros meses de 2010 a empresa vendeu 412.383 unidades e no mesmo período deste ano 410.833.

A Ford também teve perda importante, caindo de 212.124 unidades de janeiro a agosto de 2010 para 210.347este ano e perdendo 0,8 ponto de participação.

Fiat e Volkswagen também perderam participação, embora tenham vendido mais, em números absolutos, do que no ano passado. A Fiat “cresceu” de 481.289 para 501.095 e a Volks de 435.426 para 461.622 unidades. A primeira perdeu 0,74 ponto de participação e a Volkswagen 0,30%.

E para onde foram as vendas perdidas pelas quatro grandes? Com exceção da Peugeot, Honda e Toyota, todas as marcas classificadas no ranking das 20 mais vendidas tiraram uma lasquinha. Mas as chinesas, a Kia, a Nissan, a Renault e a Citroën.foram as mais beneficiadas.

Leia também:  Nova CPMF de Bolsonaro terá cobrança inicial de 0,4% sobre saques e depósitos em dinheiro

A Kia foi a marca que mais cresceu: vendeu 53.760 unidades, contra 32.733 de janeiro a agosto do ano passado. Isso representou um aumento de vendas de 64,2% e um incremento de 0,83 ponto na participação no mercado de carros e comerciais leves.

Percentualmente a Nissan cresceu mais ainda, 85%, e conquistou 0,69 ponto de participação. A JAC chegou este ano e já tem 0,65 ponto, enquanto a Chery sextuplicou as vendas, ficando com 0,45 ponto percentual.

Renault, com ganho de 0,54 pontos percentuais, Hafei, com 0,32pp e Citroën, com 0,31, também estão entre as que mais cresceram este ano, em relação a janeiro agosto do ano passado. Mitsubishi, BMW, Suzuki, Land Rover, Mercedes–Benz e Hyundai também aumentaram a participação no mercado.

A tendência do avanço das pequenas e a diminuição da participação das grandes vai continuar. Em nenhum mercado do mundo as quatro marcas mais vendidas têm uma participação de 70,9% ou as três primeiras somam 61,5% do mercado. Essa distorção é resultado da reserva de mercado que as quatro tinham antes da abertura econômica.

Joel Leite (joelleite@autoinforme.com.br) é diretor da Agência AutoInforme, especializada no setor automobilístico, que fornece informações para vários veículos de comunicação. Produz e apresenta o Boletim AutoInforme, das rádios Bandeirantes, Band News e Sul América Trânsito. É formado em jornalismo pela Faculdade Cásper Líbero e pós-graduado em Semiótica e Meio Ambiente.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome