O IPC-S de 31 de julho de 2010 apresentou variação de -0,21%.

http://portalibre.fgv.br/main.jsp?lumPageId=402880972283E1AA0122841CE9191DD3&lumItemId=8A7C8233298A3044012A3263BCA70EDE

IPC-S mantém queda na última semana de julho

02-Ago-2010

O IPC-S de 31 de julho de 2010 apresentou variação de -0,21%, taxa 0,07 ponto percentual (p.p.) abaixo da registrada na última divulgação. Com este resultado, o índice acumula alta de 3,42% no ano e 4,36%, nos últimos 12 meses.

Nesta apuração, cinco das sete classes de despesa componentes do IPC-S registraram recuos em suas taxas de variação:

  • Alimentação (-0,94% para -1,19%),
  • Vestuário (-0,51% para -0,70%),
  • Saúde e Cuidados Pessoais (0,54% para 0,42%),
  • Educação, leitura e Recreação (-0,07% para -0,10%)
  • e Habitação (0,24% para 0,23%).

Esses grupos foram influenciados pelo comportamento dos preços dos itens: Hortaliças e Legumes (-7,59% para -8,84%), Roupas (-0,63% para -0,82%), Artigos de Higiene e Cuidado Pessoal (0,76% para 0,55%), Passagem Aérea (-5,66% para -7,09%) e Empregados Domésticos (0,27% para 0,14%), respectivamente.

Em contrapartida, os grupos:

  • Transportes (-0,04% para 0,15%)
  • e Despesas Diversas (0,84% para 0,95%)

apresentaram avanços em suas taxas de variação. As contribuições para este movimento partiram dos itens: Álcool Combustível (-1,22% para 2,29%) e Mensalidade para Internet (-0,60% para 0,31%), nesta ordem.

A próxima apuração do IPC-S, com dados coletados até o dia 07.08.2010, será divulgada no dia 09.08.2010.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Assine e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Assine agora

Leia também:  Bolsonaro cede a Trump, e zera imposto sobre etanol dos EUA

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome