70% das crianças que vivem nas ruas do Brasil sofrem violência doméstica

Estudo mostrou que 70 mil crianças viviam em situação de rua em todo o Brasil, no ano passado

Imagem ilustrativa./ Foto: Adobe Stock

do Observatório do 3º Setor

70% das crianças que vivem nas ruas do Brasil sofrem violência doméstica

por Maria Fernanda Garcia

Uma triste realidade que afeta milhares de crianças no Brasil é a violência sofrida na própria casa. O medo de viver em suas próprias casas leva muitas crianças e adolescentes brasileiros a viverem nas ruas. Entre os que vivem com suas famílias nas ruas, a violência também é uma realidade.

Um estudo feito pela ONG Visão Mundial apontou a existência de 70 mil crianças em situação de rua em todo o Brasil, no ano passado. Na capital paulista, são 1.800 crianças em situação de rua. Destas, 900 vivem nos bairros centrais.

A ONG Visão Mundial atua no Brasil desde 1975 e já está em 10 estados brasileiros, atendendo milhões de pessoas que vivem em comunidades empobrecidas e em situação de vulnerabilidade.

Das crianças que vivem nas ruas entrevistadas pela Visão Mundial, 70% são vítimas de violência doméstica. E quase 19% dormem com fome.

Contrariando o pensamento da maioria das pessoas, 79% informaram que nunca tiveram contato com furto ou roubo.

Infelizmente, o abuso sexual é um dos tipos de violências que levam crianças a terem medo de viverem nas suas próprias casas. De acordo com o balanço anual do Disque 100, 17 mil crianças e adolescentes foram vítimas de violência sexual ao longo de 2019. Em 73% dos casos, o crime ocorreu na casa da própria vítima ou do suspeito. Os principais abusadores foram os padrastos (21%) e os pais (19%).

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora