Após aumento da velocidade, São Paulo registra 102 acidentes

 
Jornal GGN – Desde que o prefeito de São Paulo, João Dória (PSDB), aumentou o limite de velocidade das marginais da cidade, há um mês, a Companhia de Engenharia de Tráfego (CET) registrou 102 acidentes com vítimas.
 
São os dados divulgados nesta quarta-feira (08), com o balanço do primeiro mês de vigência do Programa Marginal Segura na capital paulista, desde o dia 25 de janeiro. Para efeito de comparação, antes, a média mensal era de 64 acidentes.
 
No total de 102 acidentes, 84 envolveram motos, com a incidência de uma morte de motociclista, e quatro atropelamentos. O programa do governo Dória em São Paulo incluiu ações de segurança, fiscalização, sinalização e educação no trânsito das marginais Pinheiros e Tietê, mas também o aumento das velocidades máximas.
 
Em janeiro, as velocidades foram reajustadas de 70 quilômetros por hora (km/h) para 90 km/h na pista expressa, de 60 km/h para 70 km/h na pista central e de 50 km/h para 60 km/h na pista local. A única velocidade mantida foi a da faixa direita da pista local, a mais próxima da calçada, que manteve 50 km/h.
 
 
 
 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora