Para Direitos Humanos, Doria escolhe ex-secretária de Alckmin favorável à intervenção da PM

eloisa_arruda_alesp.jpg
 
Foto: Alesp
 
Jornal GGN – Eloisa de Sousa Arruda, ex-procuradora de Justiça e ex-secretária estadual no governo Geraldo Alckmin (PSDB), irá assumir a pasta de Direitos Humanos e Cidadania da Prefeitura de São Paulo, de João Doria, também do PSDB.
 
Ela irá substituir a vereadora Patrícia Bezerra, que pediu demissão na semana passada após ação conjunta dos governos estadual e municipal na cracolândia. Bezerra, que agora volta para a Câmara do Vereadores, classificou a intervenção como “desastrosa”. 
 
Arruda foi secretária estadual da Justiça e da Defesa da Cidadania de São Paulo de 2011 a 2014 e trabalhou de 1985 a 2017 como procuradora de Justiça. Ela também é professora de Direito na PUC de São Paulo. 

Cracolândia
 
Em relação à ação na região que concentra usuários de drogas no centro de São Paulo, a nova secretária afirmou que é necessário continuidade com ações de assistência na área médica e de promoção pessoal.
 
Para ela, a operações policiais como a realizada na cracolândia “por vezes acontecem para permitir que a assistência e o serviço médico cheguem aos dependentes químicos”.
 
Quando foi secretária da gestão Alckmin, ela coordenou uma ação na região com participação da PM, em 2012. Na ocasião, os usuários se espalharam para outros lugares do centro, algo que também ocorreu na intervenção ocorrida há duas semanas. 
 
Assim como o prefeito João Doria, na época da operação Eloisa também afirmou que a cracolândia havia acabado.
 
Processo
 
Em março deste ano, a ex-procuradora de Justiça foi condenada a indenizar o governador do Acre, Sebastião Viana (PT), em R$ 10 mil por tê-lo chamado de “coiote”. Em 2014, Arruda criticou o governador acreano por ter facilitado a viagem de imigrantes vindos do Haiti para o sul do país.
 
Assine
 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora