Doria tem só 15% de bom e ótimo, diz pesquisa Ibope

Foto El Pais
 
Jornal GGN – Em levantamento encomendado pela Rede Nossa São Paulo, uma radiografia da queda de satisfação com a gestão Doria. A administração do gestor foi considerada boa ou ótima somente para 15% dos entrevistados, 43% já dizem que é regular e 41% consideram ruim ou péssimo. O levantamento foi feito entre 8 e 27 de dezembro e entrevistou 800 pessoas, com margem de erro de três pontos.
 
As prefeituras regionais também não se saíram bem. 12% consideram boa ou ótimo, 38% dizem ser regular, e 46% consideram ruim ou péssima.
 
Um ponto importante da pesquisa foi a radiografia do serviço publico de saúde. Com aumento de dez pontos percentuais em relação à pesquisa anterior, 84% dos entrevistados dizem recorrer ao SUS. Este é o maior percentual da série histórica neste quesito.

 
O Corujão da Saúde, bandeira da gestão Doria, foi mal avaliado também. Os entrevistados apontaram que a espera para realização de exames foi de 161 dias, contra 98 dias da pesquisa de 2016. A espera por consultas também foi ponto delicado: o tempo dobrou de 82 para 160 dias. Isso também foi detectado na rede privada, onde o tempo de espera para consultas foi de 15 para 70 dias, e o de exames, de 18 para 68 dias.
 
Creches foi outro ponto abordado. 39% dos entrevistados disseram ter esperado por vagas em creches nos últimos anos contra 55% que não precisaram esperar. Daqueles que precisam esperar por vagas em creches municpais, 56% afirmaram ter esperado mais de 6 meses por uma vaga. O tempo médio de espera para vagas em creches municipais é de 283 dias.
 
No quesito segurança, 25% dos entrevistados afirmam ter sofrido roubo ou furto nos últimos 12 meses. E 68% disseram que assalto/roubo é o que mais provoca medo em São Paulo. Para diminuir a violência, 36% consideram que é preciso investir mais em educação de qualidade para jovens de baixa renda, 28% entendem que é preciso combater a corrupção na polícia e nos presídios, 26% acham que é preciso criar oportunidades de trabalho para jovens de baixa renda e 22% entendem que é preciso diminuir a desigualdade entre as regiões ricas e pobres.
 
Para ler toda a pesquisa Ibope, clique aqui.
 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

3 comentários

  1. Tá reeleito!

    Qualquer pessoa de bom senso pensa: “como é que este embusteiro, antes de completar um mês no cargo, já era apontado pela mídia como franco favorito à presidência?”.

    O paulistano, entretanto, com sua fobia paológica ao PT e à “esquerda” e seu amor profundo aos Tucanos, deve reelegê-lo…

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome