Eles que são brancos que se entendam

Jornal GGN – O “professor, escritor e filósofo”, Olavo de Carvalho, mandou avisar: quer direito de resposta para rebater a fala do historiador Marco Antonio Villa que, em entrevista com a jornalista Joice Hasselmann, da Veja, descreveu um sujeito muito parecido com ele, chamando-o de fascista.

Carvalho escreveu no Facebook:

                       

Mas o que foi que Villa disse exatamente? Está lá, no vídeo da Veja no Youtube, pelo décimo minuto. 

“Quem fala isso [que o PT quer instaurar o comunismo no Brasil] – e é importante tocar nisso, porque tem muito bobo que critica o atual governo e não sabe nada – é gente de extremíssima direita. Fascistas, no fundo. Alguns estão até fora do país, fazem programinha, colocam no Youtube. São fascistas! São aqueles que não estão do lado da democracia. Eles são tão fascistas, tão autoritários e antidemocráticos quanto o PT. Então, a gente tem que sempre lembrar de quem influenciou. Eu vi até cartaz em manifestação, tanto no dia 15 de março quanto no dia 12 de abril.  Então, é importante a gente separar o joio do trigo. Eu, por exemplo, não estou com esses caras que são de extremíssima direita, tem um que é até astrólogo e tal, que fica fazendo essas leituras equivocadas”.

O post de Olavo de Carvalho já virou petição online

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

31 comentários

  1. Os textos de Opaco são
    Os textos de Opaco são ótimos. Discordo de todos mas são ótimos.

    O melhor é o livro que está nas bancas onde chama todos aqueles que o compram de idiotas.

  2. Faniquito entre os neofranquistas

    Faniquito: s.m. Popular. Tipo de ataque nervoso sem razão aparente; fricote. Chilique.

    Recomendo água-de-flor-de-laranjeira neles!

  3. Caí na besteira de assistir o

    Caí na besteira de assistir o vídeo. O cara é repugnante. Sua fala de italianinho ligeiro, só que baixinha, no mesmo tom debochado só alternando para pobres ironias, desprovidas de convicção, nos faz lembrar uma diarreia. A revosta de esgoto quer mudar seu estilo, mas o efeito é o mesmo.

  4. Não considerou um elogio?

    Pensei que para esses ultra direitistas fascista soaria como um elogio, da mesma forma que comparar revista veja e sua rede com a máfia siciliana os tornam mais importantes. 

    Em relação ao direito de resposta proporcional acredito que seja justo desde que seja levado também em consideração todos os direitos de resposta das calúnias e difamações feitas por esses meios comunicação aos esquerdistas, incluíndo direito de resposta para à família de Luiz Gushiken.  

  5. O que é engraçado nesse briga

    O que é engraçado nesse briga de comadres é que gente como Olavo prega direito de expressão irrestrito para justificar as opiniões pesadíssimas sobre o que não concorda. Mas na hora em que ele se julga vítima ( já que não foi citado nominalmente), não pensa duas vezes em exigir direito de resposta imediato e também receber algum dinheiro futuramente. 

  6. Agora não entendi!

    Sempre achei que o Olavo de Carvalho a-do-ra-ri-a ser chamado de fascista! Sempre achei que nenhum adjetivo o agradasse mais do que esse!

  7. Marco Antonio Villa  é tão

    Marco Antonio Villa  é tão ruim quanto o Olavo.

    No mais…  só falou verdades.

    Tanto Olavo de Caraleo, Bostantino, Ruinaldo Azevedo e outros colunistas da folha e veja vivem dizendo que está sendo instalada a ditadura comunista, bolivariana…

    AFFFF… Insistem em propagar medo na população que não pesquisa e nem sabe o que é comunismo ou liberalismo.

  8. Carapuça serviu.

    Um falou, o outro achou que era pra ele. Vestiu a carapuça.

    Nunca vi ninguém pedir direito de resposta se não foi nominalmente citado. Mas nesses dias em que o Juiz Moro pontifica, vai saber.

    Estão sem assunto. Entediado. Querem aparecer. Só isso.

  9. Pedindo para ser processado

    O Marco Antonio Villa tem se portado como uma criança inconsequente e com isso deverá chover processos contra si. Só não espera este ai. Lá em Minas Gerais dizemos que quem se compra como ele subiu numa “gilette” e já esta discursando.

  10. Acompanhando seu título:

    Acompanhando seu título: “Eles que são brancos que se entendam”, não passa de armação para projeção deste  “ex-tarólogo, professor, escritor e filosofo”. É uma mão lando a outra e a duas lando o sa.. Semana que vem funciona o troca troca ou o vice versa. Este émarketing tupiniquim.

     

  11. O pau quebrou lá no

    O pau quebrou lá no galinheiro.

    É pena e coxinha voando pra tudo quanto é lado…kkk

    Eles não se entendem e possuem egos infladíssimos.

     

  12. Gostei do

    “professor, escritor e filósofo”. Esse lunático picareta faz pose de intelectual nas “redes sociais” e, como tem tempo sobrando para escrever bobagens, conseguiu reunir um punhado de seguidores, todos coxinhas lobotomizados pela mírdia canalha. Tão “geniais” quanto o “mestre”, os membros da turba se orgulham do apelido “olavetes”!

  13. Exise um ponto obscuro nas

    Exise um ponto obscuro nas obras de olavo de carvalho :Quem foi o plagiador ?

    1-

    1-Manual do Perfeito Idiota Latino-Americano é um livro sobre política escrito por Plinio Apuleyo Mendonza (colombiano), Carlos Alberto Montaner (cubano) e Alberto Vargas Llosa (peruano). Originalmente redigido em castelhano e pertencente à tradição panfletária a obra versa, em tom crítico e bem-humorado, sobre a influência que a ideologia esquerdista – notoriamente a linha de pensamento marxista – exerce na América Latina, assim como as consequências que tal sistema de idéias gerou para o povo que habita a referida região
    2-O novo imbecil coletivo

    Olavo de Carvalho
    Diário do Comércio, 30 de outubro de 2012

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome