Flamengo apanha nas redes ao negar homenagem a Stuart Angel

Clube de Regatas rubro-negro recebeu críticas após publicar nota negando autoria de homenagem ao remador preso e assassinado durante a ditadura militar. 'Não nos posicionamos sobre assuntos políticos', disse Flamengo

Por Revista Fórum

Stuart Angel foi remador rubro-negro, preso e assassinado durante a ditadura militar, em 1971

O Clube de Regatas Flamengo recebeu uma saraivada de críticas na internet após emitir nota, nesta segunda-feira (1), onde negou a autoria da homenagem a Stuart Angel, ex-remador rubro-negro que foi preso e assassinado durante a ditadura militar, em 1971.

No domingo, dia em que o golpe militar completou 55 anos, torcedores do clube fizeram ato em memória a Stuart Angel na sede de remo do Flamengo, no bairro carioca da Lagoa.

O colunista Ancelmo Gois, de “O Globo”, publicou na segunda que o Rubro-Negro prestou homenagem e estampou o nome do ex-remador em camisa do clube.

A nota do clube da Gávea negou a homenagem:

“Em relação à nota publicada nesta segunda-feira na coluna Ancelmo Gois – do jornal O Globo – o Clube de Regatas do Flamengo esclarece que, por ser uma verdadeira Nação, formada por mais de 42 milhões de torcedores das mais diversas crenças e opiniões, não se posiciona sobre assuntos políticos.

A homenagem citada na nota foi realizada diretamente por um grupo de sócios e torcedores do Clube, sem nenhuma participação da instituição – algo que, inclusive, é estatutariamente vedado.”

Logo após a nota ser publicada, diversos torcedores do Flamengo se manifestaram, lamentando a postura do clube que, ao contrário de vários outros, como Bahia, Corinthians e Vasco fizeram, posts no domingo a favor da democracia.

Clique aqui para continuar lendo sobre a repercussão.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

4 comentários

  1. É de se lamentar que o CRF faça algo assim. O remador não era rubro-negro? Nâo vestiu as cores do clube e se esforçou para levar o nome do clube ao pódio? Então isso é uma enorme BURRICE. Aliás, essa burrice toda deve ser para afinar-se com o “tom” dos termpos que estamos vivendo no país, onde a cretinice parece ter tomado conta de tudo.

  2. Quer dizer que, para a diretoria do CRF, sequestro, seguido de tortura, assassinato e ocultação de cadáver é assunto político?

  3. Isso significa que a maioria da direção do CRF compactua com a violência desde que tenha cores políticas? Ou será que depende das cores? Isso apequena uma grande equipe diante da história. Perdeu a oportunidade de afirmar a necessidade da cultura da paz e da pluralidade em todas as esferas da vida humana.

  4. “Analfabeto Político”

    O pior analfabeto é o analfabeto político. Ele não ouve, não fala, nem participa dos acontecimentos políticos. Ele não sabe o custo de vida, o preço do feijão, do peixe, da farinha, do aluguel, do sapato e do remédio dependem das decisões políticas.
    O analfabeto político é tão burro que se orgulha e estufa o peito dizendo que odeia a política. Não sabe o imbecil que, da sua ignorância política, nasce a prostituta, o menor abandonado, e o pior de todos os bandidos, que é o político vigarista, pilantra, corrupto e lacaio das empresas nacionais e multinacionais”.

    Já o Barça se posicional politicamente, como exemplo, quando reprovou o Ronaldinho, em razão deste jogador se declarar Burrominion:

    “Nossos valores não coincidem com as palavras que temos escutados desse candidato. De todas as formas, respeitamos a liberdade de expressão, inclusive as palavras de Ronaldinho”.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome