Lalo Leal Filho: Cartunistas desmascaram governo e são ameaçados

Laurindo Leal Filho, o Lalo, mostra que não é só ao esconder números de mortos que Bolsonaro nos remete à ditadura.

do Barão de Itararé

Lalo Leal Filho: Cartunistas desmascaram governo e são ameaçados

O que diferencia 1964 de 2016 está na forma do golpe e não no seu conteúdo. Aquele foi imediato, do dia para a noite, literalmente, aprofundado em 1968 com o AI-5. Este de agora é lento e gradual.Vai se aprofundando com o passar do tempo. As ameaças à liberdade de expressão crescem e os ataques mais recentes dirigem-se aos cartunistas, cronistas brilhantes do cotidiano.

No #DeOlhoNaMidia deste 16 de junho, o professor Laurindo Leal Filho, o Lalo, mostra que não é só ao esconder números de mortos que Bolsonaro nos remete à ditadura. O “chilique” e a tentativa de censura não adiantarão: os cartuns atacados pelo bolsonarismo são imagens que servirão, no futuro, para ilustrar com fidelidade a história do nosso tempo.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora