“Não haverá futuro para uma nação que ataca seus mestres”, diz MPD

A ONG repudiou veemente a repressão policial contra os professores na manifestação, em frente à Assembleia Legislativa do Paraná
 
 
Jornal GGN – A ONG Movimento do Ministério Público Democrático (MPD) repudiou “a repressão policial violenta contra os professores que se manifestavam pacificamente nas proximidades da Assembleia Legislativa do Estado do Paraná”.
 
Em nota oficial divulgada nesta terça-feira (05), o MPD considerou “inaceitável e desmedida” e “própria dos regimes ditatoriais” a violência que deixou 213 pessoas feridas. A ONG ainda lembrou que as manifestações individuais ou coletivas, assim como o direito de greve, são direitos previstos na Constituição e que cumpre às forças policiais assegurar a realização dos atos, e não reprimí-los.
 
Por fim, o Movimento do Ministério Público Democrático espera que “os fatos sejam
apurados com rigor pelas autoridades do Paraná, punindo-se exemplarmente os responsáveis” e enseja que os governos “cumpram a Constituição da República, enfrentem com diálogo as discordâncias populares e acima de tudo, RESPEITEM OS PROFESSORES, pois não haverá futuro para uma nação que ataca seus mestres!”, conclui.
 
Leia, abaixo, a nota na íntegra:
 
NOTA PÚBLICA DE REPÚDIO À REPRESSÃO VIOLENTA AOS PROFESSORES DO PARANÁ
 
O MPD – Movimento do Ministério Público Democrático, entidade não governamental e sem fins corporativos, que tem dentre os seus objetivos sociais o respeito absoluto e incondicional aos valores político-jurídicos próprios de um Estado Democrático de Direito, vem a público, em virtude dos fatos ocorridos no dia 29/04/2015, repudiar veementemente a repressão policial  violenta contra os professores que se manifestavam pacificamente nas proximidades da Assembleia Legislativa do Estado do Paraná, Centro Cívico de Curitiba, em apoio ao professores paranaenses, nos seguintes moldes:
 
1.  As matérias e imagens publicadas pelos jornais de grande circulação, emissoras de TV e pelas redes sociais, dão conta de que a manifestação dos professores paranaenses foi reprimida com violência inaceitável e desmedida deixando 213 pessoas feridas;
 
2.  A resposta do Estado à manifestação pacífica de professores – profissionais que merecem todas as honras e respeito por parte do povo brasileiro – foi truculenta e própria dos regimes ditatoriais;
 
3.  As manifestações individuais ou coletivas, em vias públicas contra medidas ou projetos governamentais, assim como o direito de greve, configuram direitos previstos nos artigos 5º, incisos IV e XVI e 9º, da Constituição da Federal, cumprindo às forças policiais, por dever constitucional, assegurar a realização de manifestações públicas, e, ao governo, o dever de  dialogar com a sociedade civil, não sendo a ação truculenta com tiros de bala de borracha,  bombas de efeito moral, cachorros bravos, a forma adequada e legítima de enfrentar a  discordância em relação às reivindicações dos manifestantes;
 
4.  A liberdade de expressão e de opinião são ressaltados pelos organismos internacionais como componentes essenciais à democracia e indispensáveis ao exercício pleno dos direitos humanos e devem ser garantidos pelo Estado;
 
5.  O Estado democrático de Direito abomina essas práticas policiais próprias das ditaduras e exige a priorização do diálogo pacífico como meio legítimo à resolução dos conflitos.
 
Assim, o Movimento do Ministério Público Democrático repudia veementemente ações truculentas como essa e espera que os fatos sejam apurados com rigor pelas autoridades do Paraná, punindo-se exemplarmente os responsáveis, bem como que tanto o Governo do Paraná, quanto os demais governos dos estados brasileiros cumpram a Constituição da República, enfrentem com diálogo as discordâncias populares e acima de tudo, RESPEITEM OS PROFESSORES, pois não haverá futuro para uma nação que ataca seus mestres!

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

15 comentários

  1. Na foto, a choque da PM

    Na foto, a choque da PM parada, um homem à esquerda em pé batendo foto, um homem obeso deitado, um homem de cócoras à direita no final da foto e um homem/mulher batendo a foto publicada.

     

     

  2. “a manifestação dos

    “a manifestação dos professores paranaenses foi reprimida com violência inaceitável e desmedida deixando 213 pessoas feridas”:

    O Parana eh puteiro de direita.  Em qualquer outro pais do mundo ja estariam rolando varias cabecas e empregos.

  3. “…o Movimento do Ministério
    “…o Movimento do Ministério Público Democrático espera que “os fatos sejamapurados com rigor pelas autoridades do Paraná…” Era bom que se cobrasse também a devida apuração pelas autoridades federais. Se as autoridades do Paraná não fizerem nada, vai ficar por isso mesmo?

  4. Que frase maravilhosa!

    “RESPEITEM OS PROFESSORES, pois não haverá futuro para uma nação que ataca os seus mestres!”

    Lindo demais!

    Mas… se é uma Entidade com representatividade pública e personalidade jurídica, por quê, ao invés de dar pitacos e compor frases de efeito, não provocou a Justiça?

    Que tal, senhoras e senhores dirigentes do MPD, processar esse governadorzinho calhorda no Fórum competente e defenestrá-lo de uma vez por todas da vida política?

    As palavras foram ditas, faltam as obras!

     

     

    • Justiça

      Meu caro, se for esperar pela rapídissima  justiça  deste país esse “governadorzinho calhorda” vai se reeleger por muitos anos sem ser incomodado. Enquanto isso… como esses professores sobreviverão? Temos é que comprar essa briga e participarmos do movimento em defesa de nossos filhos. Já notou que em todo o país os professores são massacrados, apanham todos os dias de baixos salários, escolas sem estrutura adequada, excesso de alunos nas classes, etc.etc.?

      Uma das principais promessas de campanha do “calhorda”, num vídeo muito bem produzido, foi justamente a melhoria do ensino.

      Todo apoio aos professores! 

       

  5. Eu passava a catar latinhas

    Eu passava a catar latinhas nas ruas, nunca mais voltaria a sala de aula depois dessa tragédia. Eu colocava minha demissão na mesa do governo e esperaria para ver o que ele iria fazer com um estado sem professor.

  6. blequibloqui

    Será que o governador capturou ao menos um blequibloquizinho para exibir?

    Esse cidadão que desgoverna o Paraná ainda não chegou na era da informática. Ele não desconfia que todo celular filma, e contra as imagens não há argumentos. 

    http://www1.folha.uol.com.br/poder/2015/04/1622852-richa-defende-pm-ataca-pt-e-diz-que-truculencia-foi-de-black-blocs.shtml

    http://www.gazetadopovo.com.br/vida-publica/defensoria-e-oab-negam-prisao-de-black-blocs-em-confronto-6rccpkfpm41l53vx708i3axfg

    http://www.brasil247.com/pt/247/parana247/179320/Defensoria-contesta-Richa-n%C3%A3o-havia-black-blocs.htm

  7. Pô, aí em ? Demoroooooooo eim

    Pô, aí em ? Demoroooooooo eim ? Mas o MP, como titular da ação penal pública, inclusive já podendo investigar, o que está fazendo para apurar os fatos e buscar a responsabilização pelos atos de terror praticados (indícios) por e a mando de autoridades responsáveis, tais como ; governador de estado, secretário de segurança, comandante da polícia militar, comando da tropa no dia do evento, etc? Alias, não conhecia essa ong. Assim, prazer Danilo ! Tá chegando atrasada, mas antes tarde do que nunca. E digo atrasada, não só pela manifestação específica, mas, mesmo, pelo silêncio (concordância ?) ante apurações (suspeita-se) seletivas em inquéritos, vazamentos para mídia de atos sob segredo de justiça, etc, gerando a sensação de impunidade àqueles que devem agir com transparência e sob as estritas regras constitucionais.

  8. NÃO TEM FUTURO, PAÍS QUE PUNE SEUS MENORES, E NÃO PUNE POLÍTICOS

    A ABERRAÇÃO!

    A questão aqui, é que estão querendo punir apenas os menores infratores. Afinal, quem vocês acham que tem maior culpa, eles, ou os políticos corruptos, que roubam o governo, e impedem que tenham uma escola de período integral? Porque se o problema é fazer justiça, então eles devem no mínimo ser equiparados aos políticos. Ou seja, essa lei da maioridade deveria ser feita, de forma que os próprios menores dos internatos e casas de correção juvenis de uma cidade julgassem os menores infratores, que cometessem algum crime!

    Não tem lógica? É burrice? É hipocrisia?

    Mas o que acontece com os políticos?

    Eles são julgados apenas por eles mesmos, ou juízes por eles nomeados!

    Isso pode? Isso é inteligente? Isso não é hipócrita?    

    O que estamos vendo em nossa sociedade, são nossos vermes e parasitas políticos querendo aumentar o rigor sobre os todos, mas permanecer roubando impunemente, especialmente deles, menores infratores, que perdem seu futuro por culpa dos políticos.

    Querer aumentar o rigor sobre esses jovens, sem antes aumentar o rigor sobre os políticos; instituindo o RECALL, nosso direito de cassá-los por iniciativa e voto popular, para que sejam julgados pelo próprio povo; isso sim é uma ABERRAÇÃO! Não podemos esquecer, de que a maioria dos menores mais perigosos nem família tem, e para eles seria fundamental uma escola de período integral.

    Acabamos de ver diversos movimentos sociais saindo às ruas contra a terceirização do trabalho, contra o Beto Richa, o Alckmin, a Dilma, etc. Seja de esquerda, ou de direita, por que esses caras, que mandam fazer faixas e contratam carros de som, que são ligados a políticos, não exigem também nosso direito de convocar o RECALL? Afinal, o RECALL seria a melhor proteção que a sociedade daria ao futuro dos menores carentes. Aliás, por que as pessoas independentes, sem ligações com esses grupos políticos, não exigem o RECALL, quando vão nesses protestos? No fundo, a imensa maioria do povo nem sabe o que é o RECALL, pois eles escondem a todo custo essa informação. Você pode ajudar muito COMPARTILHANDO esse link, para que mais pessoas tomem conhecimento do que vem a ser o RECALL! Basta clicar na foto, e depois, logo abaixo dela, clicar em COMPARTILHAR. Os menores carentes agradecem imensamente essa sua boa ação!

    https://www.facebook.com/democracia.direta.brasileira/photos/a.300951956707140.1073741826.300330306769305/621059711363028/?type=3&theater

    PRA QUEM TEM RECEIO EM COMPARTILHAR INFORMAÇÕES SOBRE O RECALL!

    É preciso estudar um pouco mais, entrar nos links, e ler as informações. Pois só assim teremos consciência da imensa VERGONHA, pela qual estamos passando:

    __Esse direito já foi conquistado recentemente em diversos países vizinhos do Brasil, tanto onde existem governos de direita, como a Colômbia e o Peru, quanto onde os mais à esquerda governam. As legislações do link abaixo são apenas alguns exemplos, dentre várias outras que já existem:

    http://democraciadiretanobrasil.blogspot.com.br/2013/10/america-do-sul-e-democracia-direta.html

    __Esse direito já foi conquistado há vários séculos nos países mais desenvolvidos do mundo:

    https://www.facebook.com/democracia.direta.brasileira/photos/a.300951956707140.1073741826.300330306769305/503107126491621/?type=3&theater

    __Não ouvimos falar do RECALL, PLEBISCITO, E REFERENDO, convocados pelo próprio povo, porque as TVS, políticos, e jornais nos escondem a todo custo essas informações:

    http://democraciadiretabrasileira.blogspot.com.br/2013/10/plebiscitos-referendos-e-recalls-pelo.html

    __Já existem políticos defendendo o RECALL no Brasil, e temos pelo menos 2 projetos de lei para isso, que estão engavetados no congresso:

    https://www.facebook.com/democracia.direta.brasileira/photos/a.300951956707140.1073741826.300330306769305/602054086596924/?type=3&theater

    __Nossa associação defende o RECALL no Brasil há mais de uma década:

    http://15oocupabrasil.blogspot.com.br/2011/10/yes-we-camp.html

    Sabe por que ainda não temos o RECALL no Brasil?

    a) Porque o conteúdo político da internet, pouquíssimo frequentado pelo povão, é dominado por milhares e milhares de políticos, seus assessores, e familiares, que são radicalmente contra o RECALL, e não promovem a ideia.

    b) A ampla maioria de nossos movimentos sociais, que atuam na internet e também mobilizam as pessoas para as manifestações de rua, estão ligados a políticos, que colocam seus líderes dentro dos cabides de emprego; e por isso também repudiam a ideia, e não exigem o RECALL nos protestos. Isso ocorre inclusive com os movimentos mais à esquerda, que contrariam a esquerda do mundo inteiro, que apoia a DEMOCRACIA DIRETA, embora não faça parte de suas ideologias. Estamos falando de um exército de milhões de pessoas, que arrumaram uma boquinha na política, ainda assim vivem pior que a classe baixa americana e europeia, mas continuam puxando o saco de seus políticos.

    c) Os meios de comunicação estão nas mãos dos políticos, e por isso não promovem a ideia.

    d) MAS PRINCIPALMENTE: Porque ainda temos uma imensa falta de personalidade, e mesmo sendo independentes, não estando ligados a políticos, insistimos em fazer o mesmo que eles, por medo de que alguém fique contrariado com nossas ações, e passemos por algum tipo de vergonha e constrangimento. Por isso não temos o RECALL no Brasil. Porque não existe pressão popular suficiente, para pressionar os políticos a desengavetar e aprovar os projetos que já existem para isso no congresso.

    Precisamos promover esse debate e cobrança em nossa sociedade, se quisermos acabar com a corrupção. Porque no dia em que o primeiro político for cassado por um RECALL no Brasil, os outros pensarão centenas de vezes antes de se envolverem com corrupção. Infelizmente, ainda tem gente que vai nos protestos mais à esquerda e fica com receio de exigir o RECALL, porque dirão que quer derrubar a Dilma, Ela, que já enfrentou um verdadeiro RECALL em 2014. Se vão num protesto mais à direita, ficam com receio de chamá-los de comunistas, quando até EUA e Suíça têm esse direito por lá. As ruas não têm dono, em 2013 ninguém conseguiu controlar as ruas. Até o MPL, que começou os protestos, pediu para que ele fosse encerrado, mas o povão não saiu das ruas. O RECALL só sairá, se houver pressão popular para isso.

  9. Como é bom…

    ser tucano no Brasil.

    Já notei o seguinte: em todos os casos nos quais os tucanos cometem safadezas, as críticas a eles direcionadas são sempre no sentido de “nacionalizar” a questão; se falta água em SP (por irresponsabilidade no gerenciamento de reservartórios com fins eleitoreiros) o fato se deve a “uma crise no abastecimento de água que afeta todo o país”, se um governo do PSDB manda baixar o caceta no lombo de trabalhadores em greve (o caso agora do PR) as reprimendas também estão no sentido de passar para a população que o problema é nacional, para os desavisados e midiotas guiados pelos canalhas do PIG o que aconteceu no Paraná foi mais uma bandidagem do Governo Federal, que “ataca seus mestres”.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome