Prefeitura de cidade amazonense invade ilegalmente terras indígenas para fazer estrada

Hoje foi um dia de terror para os moradores da Reserva Indígena Omagua Kambera Tuyuka, Município de São Paulo de Olivença, no Amazonas.

do Portal Favelas

Prefeitura de cidade amazonense invade ilegalmente terras indígenas para fazer estrada

por Tássia di Carvalho

Hoje foi um dia de terror para os moradores da Reserva Indígena Omagua Kambera Tuyuka, Município de São Paulo de Olivença, no Amazonas. As terras, em que eles cultivavam e habitavam está sendo loteada para construção de uma estrada e para moradia de não-indígenas, apesar de haver reconhecimento do Ministério da Justiça e dos Direitos Humanos, da área estar em processo de reconhecimento como terra indígena, a Prefeitura de Castanhal do Ajaratuba teria invadido as terras com tratores, sem nenhuma decisão judicial favorável para o ato.

“A Secretaria de Obras invadiu, loteando, sem nossa permissão, destruindo nossa roça, para dar terras em troca de votos. Em janeiro aconteceu o mesmo, denunciamos, mas ninguém fez nada, então ele se sentiu no direito de fazer de novo. Ele dá as terras para não indígenas. Vai ter resistência, não vamos ceder não. Precisamos de ajuda, já passamos do nosso limite. Ameaçaram de matar meu pai, meu esposo, está muito difícil para mim também pois me afeta diretamente”, denuncia a cacique Eronilde Omagua – Kambeba.

Continue lendo no Portal Favelas.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora