Prudência para que ataques em Paris não resultem em xenofobia, pede Sottili

Por Rogério Sottili
*
Secretário Especial dos Direitos Humanos no Ministério das Mulheres, da Igualdade Racial e dos Direitos Humanos

Do Facebook

Cautela para não se tirar conclusões precipitadas sobre as cenas de horror que Paris viveu hoje com mais de 6 ataques simultâneos na cidade e 60 mortos confirmados. Também não é razoável relacionar essa tragédia a um intenso fluxo migratório de refugiados vindo da Síria. 

Prudência para que esses ataques não justifiquem ou resultem em ondas ainda maiores de xenofobia pela Europa e em outros continentes.

Manifesto meu profundo pesar pelas vítimas, esperando que as autoridades francesas consigam dar todo o suporte necessário a essas famílias e que todos os reféns sejam liberados. O fortalecimento de uma cultura de paz é, evidentemente, mais do que urgente. No Brasil, e no mundo todo.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora