Resistência brasileira na Alemanha diz ‘Basta, Bolsonaro’!, por Namir Martins

"Vocês brasileiros sabiam que Bolsonaro é homofóbico, racista, não respeita as leis. Por que votaram nele?" "Ele está destruindo a Amazônia. Vocês vão reagir?"

Berlim

Resistência brasileira na Alemanha diz ‘Basta, Bolsonaro’!

por Namir Martins

As notícias sobre o Brasil que chegam à Alemanha são as piores possíveis. Elas descrevem o alto grau de despreparo e as atrocidades do desgoverno Bolsonaro que está levando o País ao caos e ao abismo social e econômico.

O grupo de ativistas brasileiros conhecido como “Desmascarando o Bozo, já!” foi o articulador de um Ato que ocorreu simultaneamente em várias cidades da Alemanha contra Bolsonaro e seu governo de destruição.

Esse Ato, ocorrido no último sábado, 13.06, contou com a participação das cidades de Frankfurt am Main, Tübingen, Munique, Colonia e Berlim. Foi um pontapé inicial para as futuras Demonstrações contra o avanço das ideias fascistas, o desrespeito à Democracia e ao Estado de direito que ocorrerão em breve.

Os atos foram realizados em pontos centrais das respectivas cidades, atraindo curiosos e interessados pela situação atual do Brasil. “Como os brasileiros votaram num insano como este?”, “Vocês brasileiros sabiam que Bolsonaro é homofóbico, racista, não respeita as leis. Por que votaram nele?” “Ele está destruindo a Amazônia. Vocês vão reagir?” “Até quando o Brasil vai aguentar esse fascista?”, foram algumas das muitas perguntas que nos foram feitas.

Em Berlim, os ativistas concentraram-se debaixo de forte chuva no Portão de Brandenburgo. Assim que começaram a cantar a melodia “Fora Bolsonaro, Bolsonaro fora”, que é a marca registrada dos atos de protesto que ocorrem na Alemanha, o sol apareceu.

Em Frankfurt o ato foi realizado no Goetheplatz (Praça de Goethe), embaixo da Estátua do grande gênio da literatura alemã.

Já em Colônia o ato aconteceu com muito sol ao lado da famosa Catedral, que é o marco histórico central da cidade.

Em Tübingen, conhecida pela sua Universidade, os ativistas concentraram-se no centro histórico da cidade.

E em Munique, os ativistas brasileiros reuniram-se na Theresienwiese, na escadaria em frente a Estátua da Bavária, onde ocorre a famosa “Oktoberfest”.

Todos os Ativistas das cidades já citadas ficaram por duas horas distribuindo folhetos, respondendo às perguntas feitas pela imprensa oficial e blogueiros, gritando palavras de ordem, cantando, conversando e debatendo com as pessoas ali presentes.

Nosso intuito foi chamar atenção, sensibilizar e informar a população alemã sobre a politica irresponsável, insana e destrutiva do governo Bolsonaro. E naturalmente nos solidarizar com as forças progressivas e democráticas que atuam no Brasil.

Estamos juntos pela Democracia! Somos Resistencia!

Namir Martins – Regente e Professora de Música na Alemanha

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora