Secretária de Doria critica ação na cracolândia e deixa cargo

doria_na_cracolanida_eduardo_ogata_secom.jpeg
 
Doria na cracolândia. Foto: Eduardo Ogata/Secom
 
Jornal GGN – Patrícia Bezerra, secretária de Direitos Humanos de São Paulo, avisou o prefeito João Doria (PSDB) que está deixando o cargo. Em reunião com movimentos sociais, ela afirmou que ação realizada na cracolândia, no centro da cidade, foi “desastrosa”. 
 
De acordo com a coluna de Monica Bergamo, da Folha de S. Paulo, Bezerra entregou uma carta falando que sua decisão era “em caráter pessoal e irrevogável”. Ela estava na secretaria desde o início da gestão Doria, em janeiro deste ano. 
 
Na reunião, Patrícia disse que “estou incomodada tanto quanto vocês”.” Agora a besteira já está feita”, afirmou. Ainda de acordo com a Folha, Bezerra evidenciou que discorda da maneira como a ação foi conduzida, além de falar na ocorrência de violações de direitos humanos. 

 
Na carta entregue ao prefeito, Patricia escreveu que “diante das dificuldades que tenho enfrentado há algum tempo para dar prosseguimento à agenda de direitos humanos e ao atendimento humanizado à população mais vulnerável de São Paulo, deixo o cargo, mas nunca a convicção em uma cidade que garanta o respeito à pessoa humana”.
 
Filiada ao PSDB, a secretária agora volta para a Câmara dos Vereadores, já que foi reeleita no ano passado e estava licenciado em razão do cargo na gestão municipal. 
 
Ela, que também é filiada ao PSDB, informou ainda ao prefeito que está à disposição para elaborar um plano de transição na pasta.
 
Patrícia Bezerra agora volta à Câmara Municipal, já que no ano passado foi reeleita vereadora. Ela se licenciou do Legislativo para assumir a secretaria. 
 
 
Assine

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora