The Times of Harvey Milk, documentário sobre a trajetória do ativista LGBT

Sugerido por jns

Comentário ao post “35 anos do assassinato do ativista LGBT Harvey Milk

 

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

3 comentários

  1. ” Para que outros possam viver “

      Esta é para os que se consideram muito “machos” e “corajosos”, e não conseguem compreender que a coragem em arriscar sua vida pelo próximo, ou pelo seu companheiro de armas, ou país, somente é para “super-machos”:

       O lema acima ” para que outros……”, é internacional, e dedicado ao pessoal de busca e resgate aereo, e para os mais “malucos” – mergulhadores de resgate.

       Harvey Milk, durante a guerra da Coréia, foi “mergulhador de resgate”, durante cinco anos, e depois da ação coreana, instrutor da US Navy e USCG, na base de San Diego, tendo dado baixa com honras, no posto de 1o Tenente.

       Levar a sério o risco da própria vida, em beneficio dos outros ou de alguem, foi uma constante em sua vida, em suas atitudes, foi assassinado – mas outros puderam viver.

        P.S.: Como todos os “anjos” ( classificação dada informalmente ao pessoal de resgate), nunca morrem, estão sempre em missão ( uma das tradições navais, tambem aplicada aos submarinistas), H. Milk não morreu, esta no mar, seus discipulos continuam sua história.

  2. IVAN DE UNION

    Os créditos para a sugestão ao post não fazem justiça ao Sr. Ivan de Union, o seu verdadeiro autor.

    Tristissimo filme mencionado,  |  qua, 27/11/2013 – 14:42 | Ivan de Union

    Tristissimo filme mencionado, em portugues legendado.  Oscar de Documentarios de 1984:

    [video:http://youtu.be/4HfrAyS65pI%5D

    ***

    Harvey Milk, assassinado em 1978, foi um ativista dos direitos humanos e um dos primeiros políticos norte-americanos, assumidamente, gays, eleitos para cargos públicos, acreditando que “se um gay pode ganhar, isso significa que, se lutarmos, é possível esperar que o sistema pode funcionar para todas as minorias”.

    Embora Milk tenha lutado, ativamente, pelos direitos dos homossexuais, ele também estava preocupado com os direitos humanos em geral, ao travar uma luta, que indicava ser uma batalha perdida, numa época em que os direitos dos homossexuais estavam sendo revogados em todos os EUA.

    Apesar de não ter assistido e nem conhecer os detalhes da trágica história, externo o meu irrestrito apoio a todos as pessoas que são exploradas e desrespeitadas no uso dos seus diretos mais elementares.

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome