Unicamp terá debate sobre riscos do impeachment para a estabilidade democrática

Jornal GGN – O Centro de Convenções da Universidade Estadual de Campinas (Unicamp) receberá nessa quinta-feira (28) o movimento Caravana da Democracia, que desde o começo do mês vem percorrendo todo o estado de São Paulo para alertar sobre os riscos que a tentativa de impeachment da presidente eleita traz para a estabilidade e a legalidade democrática do país.

A Caravana já realizou mais de 80 eventos em universidades, escolas e espaços públicos. O primeiro foi o ato “Cultura pela democracia”, que reuniu milhares de pessoas na capital paulista, no Teatro Oficina e no seu entorno. Entre os presentes na ocasião estavam o cantor e compositor Chico César, o ator e humorista Gregório Duvivier, o diretor de teatro José Celso Martinez Corrêa e o ator Sergio Mamberti.

Na Unicamp, o coletivo apresenta a partir das 19h o debate “Aprofundar a democracia em defesa dos nossos sonhos”. Estarão presentes docentes da casa, como o professor de Ciência Política da universidade, Armando Boito Jr, e o professor de Filosofia, João Quartim de Moraes. Também são convidados: o professor de Economia das Facamp (Faculdades de Campinas), Luiz Gonzaga Belluzzo, e a jornalista Renata Mielli, coordenadora do Fórum Nacional pela Democratização da Comunicação.

A Caravana da Democracia é organizada pela União Estadual dos Estudantes (UEE), com apoio da União Nacional dos Estudantes (UNE), da União Paulista dos Estudantes Secundaristas (UPES) e da Associação Nacional dos Estudantes de Pós-graduação (ANPG).

“O debate desta quinta-feira na Unicamp tem como tema central o momento de crise política que atravessamos a partir da tentativa de impeachment da presidenta Dilma, e as dimensões e consequências do embate político travado hoje no Brasil”, explicou Cris Graziana, dirigente da UNE.

O debate é aberto a toda a população e as entidades organizadoras emitirão certificados para os participantes que fizerem suas inscrições no saguão de entrada do Centro de Convenções. Depois do debate, a Liga do Funk realiza uma apresentação para os presentes.

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora