Guerra-Peixe e suas maravilhosas orquestrações para Leny Eversong

Leny Eversong lançou, em 1956, seu primeiro LP, denominado A VOZ DE LENY EVERSONG. Nele há três faixas com orquestração do Maestro Guerra-Peixe: OTINDERÊ; MÃE DO OURO e LAMENTO TUPY.

Trago-as aqui, no dia em que se comemora o CENTENÁRIO DE GUERRA-PEIXE, para que todos possam ouvir a linda voz de Leny Everson e as luxuosas e exuberantes orquestraçãos do Maestro César Guerra-Peixe!

Salve GUERRA-PEIXE!

Você pode fazer o Jornal GGN ser cada vez melhor.

Apoie e faça parte desta caminhada para que ele se torne um veículo cada vez mais respeitado e forte.

Apoie agora

4 comentários

  1. Otinderê!!! Otinderê!!!

    Luciano, coisa linda esses clipes ! Musica, letra, voz e a produção de imagens para os clipes, tudo perfeito ! Cada vez descubro mais raridades com seu bom gosto musical. Achei que em “Lamento Tupy” tem um pouco de Villa-Lobos.  Da para sentir a influência nas três, alias, ainda que guardada o floclore de Mãe Ouro. 

  2. Viva o gigante Guerra Peixe!

    Amigo Luciano,

    Como lhe falei, lá no Face, passei alguns dias “garimpando” a obra do gigante Guerra Peixe. Que obra!!

    Parabéns pelas suas postagens, especialmente, essa que destaca a veia orquestral do maestro no disco da Leny Eversong. Confesso que não conhecia esse disco. Gol de placa 🙂

    Abraços da amiga de sempre.

    Laura

Deixe uma mensagem

Por favor digite seu comentário
Por favor digite seu nome